Aadesam lança edital de contratação temporária para projeto socioeducativo da Sejusc

Candidatos podem realizar inscrição pelo site a partir desta quinta-feira (26/11) até o dia 8 de dezembro

A Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam) lançou o edital para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) nº 009/2020, que vai contratar profissionais por prazo determinado para atuarem no Projeto de Apoio à Dinamização das Ações do Sistema Socioeducativo (Padass), em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

O projeto é voltado para o atendimento e apoio familiar a adolescentes autores de atos infracionais, contribuindo assim para a redução do índice de reincidência no estado do Amazonas.

Serão disponibilizadas 113 vagas para o PSS, divididas entre vagas de ampla participação para os cargos de Pedagogo (3), Professor de Educação Artística (1), Professor de Educação Física (1), Terapeuta Ocupacional (1), Socioeducador Masculino (74), Socioeducador Feminino (18) e Auxiliar de Serviços Gerais (4); e vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PcD), para Socioeducador Masculino (8), Socioeducador feminino (2) e Auxiliar de Serviços Gerais (1).

As inscrições serão efetuadas somente via Internet, por meio de sistema próprio hospedado no sítio eletrônico oficial da Aadesam (www.aades.am.gov.br), a partir desta quinta-feira (26/11) até às 23h59 do dia 8 de dezembro de 2020.

Cada etapa será realizada de forma on-line, e todas as informações sobre atribuições, requisitos obrigatórios, local de trabalho, a carga horária e o salário correspondente estão disponíveis no edital, que pode ser conferido por meio do link http://www.aades.am.gov.br/arquivos/imagens/processo/20201123182320edital_009.cpss.aadesam_publicao_v2.2.pdf.

O presidente em exercício da Aadesam, Leandro Goes Pinto, ressaltou a importância da contratação de pessoas qualificadas.

“O projeto tem sido referência na reeducação de crianças que passam por medidas socioeducativas, a assistência tem ajudado esses jovens, principalmente no seio familiar. Nossa missão no processo seletivo é achar pessoas que possam dar continuidade a esse trabalho que está sendo muito bem feito”.

FOTO: Raine Luiz/Sejusc