Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Ação inédita da Amazonastur elabora identidade visual e roteiros turísticos em comunidades indígenas

As atividades integram o Plano de Ordenamento Turístico nas RDS Puranga Conquista e do Tupé

A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) realizou, nesta terça-feira (08/11), a terceira ação do Plano de Ordenamento Turístico nas comunidades indígenas que fazem parte das Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Puranga da Conquista e do Tupé. A ação do Governo do Estado incluiu, também, a visita técnica do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), entrega de identidade visual e elaboração de roteiros turísticos com as comunidades.

A turismóloga do Departamento de Desenvolvimento e Turismo (DTUR) da Amazonastur, Raíssa Tavares, destacou que o Plano de Ordenamento segue o cronograma preestabelecido com instituições parceiras. Os roteiros foram construídos, com duração de uma hora ou pernoite, para que cada comunidade possa apresentar um produto diferenciado e único aos turistas.

A programação ocorreu em parceria com o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e o CPRM, com a verificação da segurança dos terrenos e da qualidade da água nas comunidades, a fim de oferecer segurança aos comunitários e visitantes.

Promoção
Em uma ação inédita, a equipe de comunicação da Amazonastur apresentou os logotipos desenvolvidos para cada comunidade, criadas a partir de pesquisas previamente realizadas in loco. A criação da identidade visual foca na promoção do etnoturismo no Amazonas, além de preparar as comunidades a desenvolverem atividades exclusivas de forma independente.

Ordenamento Turístico

Com início em julho, as ações do Plano de Ordenamento têm quatro eixos, com pontos centrais para o desenvolvimento do etnoturismo, formatação do produto turístico, conscientização ambiental e qualificação profissional.

Na primeira ação, em julho, a Amazonastur realizou visitas técnicas e Oficina sobre Sensibilização ao Turismo e Incentivo à Formatação de Gestão Participativa, ministradas por docentes do curso de Turismo da Universidade Estadual do Amazonas (UEA).

Na segunda ação, a equipe da Amazonastur realizou visitas em formato de Avaliação do Atrativo Turístico para ajustes e orientação das comunidades para que, em seguida, pudessem formatar o plano do turismo local.

As ações ocorrem através do grupo de trabalho entre Amazonastur, UEA, Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult), Fundação Estadual do Índio (FEI), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Sema e Ipaam.

-publicidade-