Ação na FCecon reforça importância de higienizar as mãos

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), realiza, a partir desta quarta-feira (28/04), ações de conscientização sobre a importância de higienizar corretamente as mãos. Durante três dias, profissionais de saúde que atuam na unidade serão orientados por meio de materiais impressos e jogos educativos.

A ação será realizada até sexta-feira (30/04), em alusão ao Dia Mundial da Higiene das Mãos, que é comemorado no dia 5 de maio. A data foi estabelecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e, em 2021, tem como tema “Salve Vidas: Higienize Suas Mãos”.

Orientação – Na Fundação Cecon, a campanha é coordenada pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e pelo Núcleo de Segurança do Paciente (NSP), e ocorrerá em todo o hospital.

Os profissionais de saúde serão orientados através de materiais impressos e jogos educativos. Haverá ainda uma demonstração prática da forma correta de higienização das mãos.

Prevenção – Segundo a responsável pela CCIH na FCecon, enfermeira Glauciane Neves, a higiene das mãos previne o contágio e a transmissão de doenças no ambiente hospitalar.

“A higienização das mãos é a medida individual mais simples para prevenir infecções relacionadas à assistência à saúde. Fazendo corretamente a higiene das mãos antes e depois do contato com o paciente e nos demais momentos necessários, o profissional de saúde estará removendo bactérias transitórias e algumas residentes”, explica Neves.

A medida é importante não somente para os profissionais de saúde, mas também para o dia a dia da população, prevenindo doenças.

Como lavar as mãos – Para lavar as mãos corretamente, é preciso retirar anéis, pulseiras e relógios. O usuário ou profissional devem abrir a torneira sem encostar na pia, para não contaminar a roupa.

Após colocar sabão líquido, de preferência, é preciso friccionar as mãos por 10 até 25 segundos. Depois, é preciso enxaguar com água corrente, retirando todos os resíduos sem respingar água na roupa e piso.

As mãos devem ser secadas com papel-toalha. Se a torneira for de acionamento manual, é preciso fechar a torneira com o mesmo papel-toalha, evitando contaminar novamente as mãos.

 

FOTO: Laís Pompeu/FCecon