Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Aldeias indígenas recebem ajuda humanitária do Governo do Amazonas, por meio da FEI

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação Estadual do Índio (FEI), distribuiu nesta semana mais de sete toneladas de alimentos para aldeias indígenas que vivem em comunidades dos municípios de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus) e Itacoatiara (distante 176 quilômetros da capital). A ajuda humanitária tem como objetivo diminuir os impactos causados pela pandemia de Covid-19 e pela cheia dos rios que atinge as comunidades ribeirinhas.

O diretor administrativo-financeiro da FEI, Vanderlei Avelino, acompanhou as visitas pelo interior do estado e destacou a importância de ir até estes povos conhecer a realidade de perto.

“Retomamos o cronograma de entrega de cestas básicas neste mês, estamos buscando atender todos os parentes que estão sendo afetados por estes problemas que prejudicam todos os moradores do Amazonas. Nesta semana, todos os diretores e representantes saímos da capital para acompanhar as entregas e ouvir as demandas dos povos, atitude que é de suma importância, pois muitos não têm condições para se deslocar até a capital e fazer suas solicitações. Por isso, fomos até eles para levar uma melhor assistência”, esclareceu.

Conforme a líder indígena Ana Rosa, da etnia Mura, a cheia dos rios dificultou a plantação que serve apenas para o sustento das famílias.

“Com o rio cheio, nossa roça ficou toda debaixo d’água, e isso dificulta que a gente possa continuar plantando para sustento próprio. Não temos uma grande produção para conseguir vender esses produtos, e estas cestas básicas vão ajudar bastantes as famílias que vivem aqui”, disse.

O líder indígena Irisvaldo Gomes, de etnia Marubo, agradeceu pela ajuda que o Governo do Estado está fornecendo para as famílias que são produtoras de banana.

“Nós passamos por essa crise na pandemia, em que não conseguimos escoar a produção para a cidade, e aqui as famílias sobrevivem da agricultura, sendo o carro-chefe da plantação a banana. Somos gratos pela ajuda que o Governo do Estado está prestando e esperamos que todos superem esse momento difícil que todos passam”, salientou.

Cerca de 200 famílias das comunidades Jaçanã, El Shaday, Paricá e Sawin foram contempladas com cestas básicas e tiveram seus pedidos ouvidos pela diretoria da FEI. Além disso, as entregas de cestas básicas continuam até que o cronograma seja fechado.

Parceria – No mês de abril, o Shopping Ponta Negra firmou parceria com a FEI para a realização da exposição fotográfica “Mundo Indígena”, que arrecadou 32 cestas básicas. Os alimentos arrecadados foram entregues para a Fundação na última quinta-feira (27/05) e também serão distribuídos às famílias que estão no cronograma de entregas do órgão.

FOTO: Amaury Moraes

você pode gostar também
Comentários
Loading...