Atletas suam a camisa em busca de um lugar no pódio da Corrida Alvorada 51 anos. Confira os resultados

Cinco provas de alto nível técnico abrilhantaram a Corrida Comemorativa Alvorada 51 anos, numa manhã de domingo ensolarada na Ilha Tupinambarana. Divididas nas categorias pedestres e ciclísticas, homens e mulheres da região Norte do Brasil e de países vizinhos suaram a camisa para cruzar a linha de chegada e ocupar um lugar de destaque no pódio.

Às 7 horas da manhã, com saída do aeroporto Júlio Belém, foi dada largada para a prova pedestres masculina. Às 7 horas e 15 minutos, também do aeroporto, foi a vez da prova pedestre feminina iniciar corrida.

Leandro Silva Costa, de 34 anos, natural de Manaus, com um tempo de 31 minutos e 23 segundos, venceu a prova pedestre masculina com folga. A segunda colocação ficou com Dionísio Cosme Cardoso, de 37 anos, natural de Manaus, com o tempo de 34 minutos cravados. E para fechar o pódio, o jovem parintinense Lincon Aranha, de 23 anos ocupou a terceira colocação com o tempo de 35 minutos.

Atletas suam a camisa em busca de um lugar no pódio da Corrida Alvorada 51 anos. Confira os resultados 1
Foto: Liam Cavalcante

Na prova pedestre feminina, a jovem paraense da cidade de Santarém, Emille Andressa Silveira, de 29 anos, ficou com a primeira colocação na disputa. Ela se sobressaiu diante das outras corredoras com um tempo de 27 minutos e 48 segundos. Riana Simões, de apenas 17 anos, natural de Juruti ficou com a segunda colocação. A corredora cruzou a linha de chegada com 28 minutos e 29 segundos. No terceiro lugar do pódio, a parintinense Alissandra de Lima, de 24 anos fechou a prova pedestre feminina com 29 minutos e 8 segundos.

No ciclismo, os atletas másteres, com idade acima dos 39 anos, foram os primeiros a largarem da Praça da Catedral. Dezoito corredores gastaram pneu pelas ruas de Parintins e foram aclamados na linha de chegada.

O pódio foi definido por questão de segundos. O parintinense Raimundo Nonato Viana, conhecido como Vasquinho, de 43 anos, conquistou o lugar mais alto, com o tempo de 37 minutos e 43 segundos. Logo atrás, com apenas 3 segundos de diferença, Joelson Lima dos Santos, de Oriximiná ficou na segunda colocação, com tempo de 37 minutos e 46 segundos. Aldo Oliveira, de Parintins, 44 anos, fechou pódio da categoria máster, ao cruzar a linha de chegada com 38 minutos cravados.

Atletas suam a camisa em busca de um lugar no pódio da Corrida Alvorada 51 anos. Confira os resultados 2
Foto: Liam Cavalcante

No ciclismo feminino houve folga na linha de chegada. A atleta Nayme Daiane Muniz, de 24 anos, que reside em Manaus, mas esteve representando Parintins, ficou no lugar mais alto do pódio, com o tempo de prova em 41 minutos e 31 segundos. Rosana Souza, da cidade de Juruti, com o tempo de 43 minutos e 39 segundos, ficou na segunda colocação. A parintinense Fabiane Coimbra, de 24 anos fechou a prova em terceiro, com 46 minutos e 15 segundos.

A categoria ciclística masculina elite, responsável por elevar a Corrida Alvorada ao patamar internacional, fechou com maestria a programação do domingo. Uma prova de bastante intensidade, com picos de velocidade que chegaram a bater 80 quilômetros por hora, atletas fizeram o pódio mais equilibrado da Corrida Alvorada, com diferenças de apenas 1 segundo para cada ciclista.

Atletas suam a camisa em busca de um lugar no pódio da Corrida Alvorada 51 anos. Confira os resultados 3
Foto: Marcos Felipe

Na primeira colocação ficou o parintinense Jorge Luiz, o Jorge Magrão, de 25 anos, com o tempo de 55 minutos e 23 segundos. Na sequência, ao fechar em 55 minutos e 24 segundos, o venezuelano José Garcia ficou com o segundo lugar na disputa. Para completar o pódio, o atleta manauara Bob Marley, de 28 anos fechou a prova com 55 minutos e 25 segundos.

Fonte: Alvorada Parintins

Comentários