Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Candidatos de Lula e PT no Amazonas são Eduardo Braga e Omar Aziz

Braga publicou vídeo com Lula no qual o ex-presidente cita o “prazer de ser presidente quando Eduardo Braga foi governador”, entre 2003 e 2010

O Partido dos Trabalhadores (PT) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva bateram o martelo e decidiram apoiar a candidatura de Omar Aziz (PSB) e Eduardo Braga (MDB) no Amazonas. A decisão aconteceu durante uma reunião com a diretoria executiva nacional, na quarta-feira (27), em São Paulo.

O encontro estava programado para resolver problemas em palanques de sete estados: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Amazonas, Tocantins e Goiás.
No Amazonas, a escolha estava entre o apoio a Eduardo Braga ou ao deputado estadual Ricardo Nicolau (Solidariedade), mas o emedebista levou a melhor.

Omar, que busca a reeleição ao Senado, confirmou o apoio do ex-presidente e falou da boa relação com Lula.

“Tivemos reunião com o presidente Lula. Ele declarou apoio. Tenho uma relação histórica com todos eles, até porque eu venho do movimento estudantil, pela luta pela democratização do país”, escreveu Omar.

Já Eduardo, que é pré-candidato ao Governo do Amazonas, somente retuitou uma matéria que fala do apoio de Lula à candidatura dele e escreveu “Fechado com Lula”.

Na semana passada, Braga publicou vídeo com Lula no qual o ex-presidente cita o “prazer de ser presidente quando Eduardo Braga foi governador”, entre 2003 e 2010.

“Eu tive o prazer de ser presidente quando o Eduardo Braga foi governador. Eduardo, muito obrigado pela reunião com o MDB, pelo trabalho que você fez, e espero que você consiga colher os frutos que você plantou”, afirmou Lula.

Apesar da decisão, integrantes do PT no Amazonas estão com uma certa resistência em aceitar o apoio a Braga, um deles é o vereador Sassá da Construção Civil.

A militante no Amazonas Anne Moura, integrante da diretoria executiva e secretária nacional de mulheres do partido, participou da reunião. Ela chegou a ser cotada para ser vice na chapa com Braga, mas anunciou que seria candidata a deputada federal.

-publicidade-