Caprichoso descarta leilão de galpão e anuncia pagamento de artistas

Caprichoso descarta leilão de galpão e anuncia pagamento de artistas
Foto: Assessoria Caprichoso

Serão contemplados os artistas e suas respectivas equipes, assim como os demais setores do Boi de Parintins.

O presidente do Boi Caprichoso, Babá Tupinambá, segue em busca de apoio para o Festival Folclórico de Parintins e recursos ao touro negro, com objetivo de amenizar a crise que se instalou na falta de pagamento de setores da agremiação, a partir do ano de 2016. Com a retenção da carga adquirida no mercado popular da China, ele anuncia que, no planejamento do setor financeiro do Caprichoso, a previsão de pagamento é para o dia 10 de maio.

“Quero tranquilizar nossos artistas, sabemos de nossas responsabilidades e vamos sanar essas questões. Este ano nossa meta é pagar todos os contratos de quem trabalhar no Caprichoso e vamos cumpri-la”, anunciou Babá Tupinambá. O dirigente azulado afirma também que a diretoria financeira já está preparando todos os comprovantes de pagamento e não descarta a possibilidade do pagamento ser adiantado.

Leilão

Quanto a petição para que um dos galpões do Boi Caprichoso vá a leilão, o presidente do Boi Caprichoso, Babá Tupinambá, assegurou que, por meio de assessoria jurídica, está acompanhando o processo e descarta qualquer possibilidade de que o imóvel seja leiloado. “Não vamos deixar o boi perder seu patrimônio conquistado com muito esforço e com a ajuda da Nação Azul e Branca”, declarou.

O presidente lembra que o leilão se dá em virtude de débitos do Boi Caprichoso com a empresa Lanza Fogos, da época da gestão do então presidente, Carmona Oliveira. “Infelizmente, o seu André Lanza não recebeu lá atrás. Os demais presidentes que passaram não efetuaram a quitação. Como presidente do Caprichoso, estamos enfrentado isso, mas vamos resolver”, concluiu.

Texto: Assessoria Caprichoso

Deixe um comentário