Caprichoso negocia participação da cantora Alcione no Festival Folclórico de Parintins

Caprichoso negocia participação da cantora Alcione no Festival Folclórico de Parintins

Presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá cita expectativa para preencher vaga no festival deste ano. Boi-Bumbá encerrou as gravações de último DVD neste sábado, em Parintins.

O Boi-bumbá Caprichoso está negociando a participação da cantora Alcione no Festival Folclórico de Parintins 2018. Alcione gravou a toada Boi de Negro, junto com o levantador de toadas David Assayag, para o CD “Sabedoria Popular – Uma Revolução Ancestral”.

Nesse sábado (21), durante a gravação do DVD deste ano, em Parintins, o presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, afirmou à imprensa que, apesar das dificuldades que tem encontrado, espera contar com a participação de Alcione no Festival.

“Nós estamos tentando achar uma vaga para trazê-la ao Festival. Não está sendo fácil. Mas eu não desisto. Se tiver uma brecha, ela vem, sim, a Parintins”, afirmou.

Boi de Negro

A toada Boi de Negro é uma composição de Moises Colares, Raurison Nascimento, Frank Azevedo e Ricardo Linhares. Para o diretor musical do Caprichoso, Mauro Moraes, a canção será o carro-chefe do touro negro no Festival de 2018.

“É muito importante a participação da Alcione, porque ajuda a divulgar nossa cultura pelo Brasil afora. Ela é uma cantora consagrada, do Maranhão. A gente foi muito feliz de conseguir essa participação na toada Boi de Negro. Uma toada que fala da raiz do Boi Bumbá, da cultura negra”, avaliou Moraes.

DVD 2018

O Caprichoso encerrou as gravações do DVD “Sabedoria Popular – Uma Revolução Ancestral”, no Curral Zeca Xibelão, em Parintins, na noite desse sábado (21).

Este ano, o Boi da Estrela inovou e decidiu realizar a gravação de seu DVD com quatro locações: o Teatro Amazonas (em Manaus) e as cidades de Presidente Figueiredo e Santarém (PA), além da Ilha da Terra dos Bumbás. O material audiovisual também vai contar com imagens dos municípios de Anavilhanas e Juruti (PA).

Fonte: Acrítica.com

Deixe um comentário