Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Com força-tarefa, vacinação de pessoas de 50 a 69 anos no Amazonas deve ser executada em tempo recorde

Governador Wilson Lima também solicitou ao MS vacinas para pessoas entre 18 e 49 anos de idade com comorbidades

Em live para atualização de ações de enfrentamento à Covid-19, neste sábado (13/02), o governador Wilson Lima afirmou que a vacinação de pessoas entre 50 a 69 anos poderá ser feita no prazo de dez dias, a partir do dia 22 de fevereiro, com a execução de uma força-tarefa envolvendo vacinadores cedidos pelo Governo Federal e organizações da sociedade civil. A live foi transmitida do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), logo após reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19.

“Ontem eu recebi aqui no CICC o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, e aí nós já começamos a fazer o desenho para o processo de aceleração da vacinação na Amazônia, que vai começar pelo estado do Amazonas. O Governo Federal estará disponibilizando integrantes do Exército Brasileiro para auxiliar a prefeitura nesse processo. Eu já entrei em contato com a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas para que ajudem e disponibilizem pessoal para ajudar nesse trabalho de aceleração da vacinação”, afirmou o governador.

Wilson Lima também adiantou que fez um apelo ao Ministério da Saúde (MS) para que viabilize mais doses da vacina contra a Covid-19, visando alcançar pessoas de 18 a 49 anos com comorbidades.

“Eu já fiz um apelo ao ministro da Saúde para que o próximo grupo a ser vacinado seja o de pessoas entre 18 e 49 anos de idade que tenham algum tipo de comorbidade. Também apelei para que houvesse uma antecipação na campanha de vacinação contra a Influenza, contra a gripe, uma vez que o nosso período chuvoso começou em novembro e a campanha nacional de vacinação só começa em abril. Então a ideia é que essa campanha possa ser antecipada agora também para o mês de fevereiro”, detalhou.

Foto: Diego Peres/Secom

você pode gostar também
Comentários
Loading...