“É uma vergonha termos um prefeito omisso aos problemas da cidade”, desabafa Nêga Alencar

vereadora Nêga Alencar (PSD)

Em seu pronunciamento na sessão de terça-feira, 26 de novembro, a vereadora Nêga Alencar (PSD) abordou sobre a falta de concurso público em Parintins e relatou diversos problemas e dificuldades enfrentados pela população no município.

Ao citar a realização de contratações duvidosas na administração municipal, sem nem mesmo a ocorrência de um processo seletivo, a parlamentar se mostrou preocupada com a falta de oportunidades em Parintins para a juventude ingressar no mercado de trabalho de forma digna. “O concurso público é uma exigência da Constituição Federal. Então, eu peço ao prefeito que tenha mais respeito à nossa juventude. O concurso público é obrigação de um bom gestor”, atentou.

Nêga Alencar apontou que os diversos problemas enfrentados atualmente no município, a exemplo da falta de medicamentos em postos de saúde e de vias de trânsito precárias, são o resultado da soma de anos de má administração, que culminam no atual governo municipal. “Se o Secretário está ali fazendo algo errado, é o prefeito que está permitindo, pois ele tem o poder de retirar aquele Secretário. Que prefeito é esse que vive colocando culpa nos outros e esquece que contribuiu para que Parintins tenha o reflexo que tem hoje?”, questionou.

Sendo assim, a vereadora destacou a interdição do porto de Parintins e também a ausência de placa na obra de ampliação do aeroporto do município, cobrando que o Secretário de Obras Mateus Assayag providencie sua afixação. “Somos uma cidade com potencial turístico imenso. Mas temos aí um porto fechado e um aeroporto que está sendo ampliado e não tem placa. Quanto está sendo gasto? Quem é a empresa que está oferecendo o serviço? Precisamos saber como o nosso dinheiro está sendo aplicado. Eu quero explicação não apenas como vereadora, mas como cidadã”, cobrou.

Ao finalizar, a parlamentar clamou respeito aos cidadãos parintinenses. “Basta ir à rua e observar o que a população passa, trocar uma ideia com as pessoas. De crianças a idosos, que vivenciam situações deploráveis, desumanas. Sofre o comerciante, o ribeirinho, o passageiro, todo mundo. É uma falta de respeito com o cidadão, com todos. Também é uma vergonha termos um prefeito omisso aos problemas da cidade”.

Texto: Assessoria Parlamentar / Foto: Simone Brandão

Comentários
Loading...