Edmundo Oran canta solidariedade para ajudar músicos e famílias de Parintins  

A live do apresentador do Caprichoso, Edmundo Oran, transmitiu alegria aos torcedores e se transformou em ato de solidariedade, com o Bar do Boi em Casa, domingo (19). O show do item 01 do festival de Parintins foi transmitido no perfil do artista, nas redes sociais, nas páginas oficiais do Boi Caprichoso e do Movimento Marujada, de 12h30 às 14h30.

Desde o início do isolamento social, por conta da pandemia da Covid-19, em Parintins, Edmundo Oran começou a produzir lives com o projeto pessoal intitulado “Toada em Casa”. A iniciativa, além de levar entretenimento, ganhou muita adesão e virou ação beneficente em prol aos músicos do Boi Caprichoso, assim como às famílias carentes de Parintins.

O apresentador se sensibilizou com as necessidades dos colegas de profissão, em quarentena. A live arrecadou mais de R$ 3 mil, com transferências bancárias para as contas do Supermercado Baranda, revertidas em 57 cestas básicas, entregues na segunda-feira (20). “A empresária Érika Baranda fez um preço bem mais em conta dos produtos”, conta.

Para a realização da live solidária, com duas horas de duração, Edmundo Oran teve o apoio do vice-presidente do Movimento Marujada, Keynes Breves, que viabilizou o cinegrafista Vitor Nascimento, e de músicos do Boi Caprichoso. Todos os envolvidos no trabalho voluntário estavam protegidos com máscaras, uso de álcool em gel, e ficaram distantes um do outro.

O apresentador agradece às contribuições de amigos empresários, vizinhos, fãs, torcedores do Boi Caprichoso e admiradores, por terem abraçado essa causa. “As pessoas doavam algum valor, mandavam o comprovante para meu WhatsApp e prestamos contas. Usamos o dom que temos de cantar, graças a Deus, para ajudar quem precisa”, pontua.

Edmundo Oran canta solidariedade para ajudar músicos e famílias de Parintins

Assessoria