Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Educa+Amazonas: programa do Governo do Estado investe na educação básica, profissionalizante e superior

Os 13 projetos do programa foram lançados na sexta-feira (23/07) e começam a ser executados em agosto

Com o programa Educa+Amazonas, lançado na última sexta-feira (23/07), o Governo do Estado está garantindo, pelos próximos 15 meses, investimentos da ordem de R$ 400 milhões em três níveis da educação no Amazonas: básica, profissionalizante e superior. A iniciativa reúne 13 projetos prioritários, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

Além dos projetos que estão sendo implantados na rede estadual, contemplando o ensino básico com ampliação de oportunidades aos estudantes, foram firmadas parcerias para atuações dentro do programa.

Segundo o secretário de Estado de Educação, Luis Fabian Barbosa, as parcerias ampliam a política de estado e fortalecem o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

“Quando escolhemos essas instituições, pensamos em uma política de estado para fortalecimento da educação. Um programa do tamanho do que estamos implantando precisa garantir que todos os níveis sejam, de alguma forma, atendidos”, destacou o secretário, durante o lançamento.

Educação Básica – No nível básico, que engloba os estudantes do 1º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio, são R$ 283 milhões investidos nos programas Pronto pra Aula; Contraturno Digital; Na Ponta da Língua; Fazer para Aprender; Educação Empreendedora; Fazenda Escola; Escola da Floresta e Edutech.

Os projetos vão desde o fornecimento de fardamentos e materiais escolares, cursos de idiomas e aulas de reforço até práticas experimentais nas mais diversas áreas de conhecimento, induzindo os alunos e alunas a pensarem soluções e focarem na melhoria de seus aprendizados.

Profissionalizante – Com a parceria entre Secretaria de Estado de Educação e Desporto e o Centro de Formação Tecnológica (Cetam), no campo do ensino profissionalizante, o projeto Da Escola para o Trabalho tem investimento de R$ 10 milhões.

Neste projeto, as escolas de Ensino Médio ofertarão cursos profissionalizantes aos estudantes da 2ª e 3ª séries do Ensino Médio. Com isso, os alunos terão a oportunidade de terminar o ensino básico com um emprego garantido, já que os cursos incluem estágios remunerados, o que vai possibilitar aos participantes um contato inicial com o mercado de trabalho.

Com o Cetam, também serão executadas as atividades do Trilhas do Saber e Cepan Digital, que irão garantir formações continuadas a todos os profissionais da educação das redes estadual e municipais. Para os dois projetos, foram estimados investimentos em torno de R$ 9 milhões.

Nível superior – A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) foi a instituição escolhida para ofertar o curso de pós-graduação lato sensu a mais de 15 mil professores e pedagogos do Amazonas. Para a execução do projeto estão sendo destinados R$ 40 milhões.

O curso será ofertado para 11 mil profissionais das redes municipais e 4 mil da rede estadual de ensino. A pós-graduação foi pensada como uma estratégia para melhorar os níveis de aprendizagem, uma vez que a formação de professores e pedagogos do Anos Iniciais do Ensino Fundamental tem se mostrado eficaz para a melhoria da qualidade do ensino.

Os projetos Trilhas do Saber, Mestre Qualificado e Cepan Digital vão proporcionar a todos os profissionais da Educação a chance de cursar uma especialização em suas áreas ou, ainda, usufruir de formações que contribuirão com o desempenho das funções no dia a dia, desde o ensino na sala de aula, às funções administrativas e de gestão.

Os cursos serão realizados mediante parcerias da Secretaria de Educação com o Cetam e com a UEA. Juntos, os projetos somam investimento da ordem de R$ 49 milhões.

FOTO: Lincoln Ferreira/Seduc-AM

você pode gostar também
Comentários
Loading...