Parintins Notícias

O recurso é recurso é fruto de 581 projetos de crédito elaborados pelo Idam, que foram aprovados pela Afeam

Entre janeiro e maio, Governo do Estado garante R$ 12,6 mil em crédito a produtores rurais amazonenses

Entre janeiro e maio deste ano, produtores rurais amazonenses receberam R$ 12,6 milhões em crédito rural. Garantido pelo Governo do Amazonas, o montante é fruto de 581 projetos de crédito elaborados pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), que foram aprovados pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), a responsável pela concessão do recurso.

Dados divulgados pela Gerência de Crédito Rural (Gecrer) do Idam apontam que do total disponibilizado (R$ 12,6 milhões) no Estado, Anori liderou o recebimento de crédito rural, com R$ 1,3 milhão, resultado de 76 projetos elaborados pela Unidade Local (UnLoc) Idam/Anori. Na sequência vieram Parintins, com o recebimento de R$ 860 mil, via 45 projetos elaborados pela UnLoc Idam/Parintins; e Nhamundá, onde produtores rurais foram atendidos com R$ 747 mil, fruto de 37 projetos de crédito do UnLoc Idam/Nhamundá.

Os valores foram destinados à aquisição de equipamentos e implementos agrícolas e de pesca, e, também, ao custeio de atividades ligadas ao setor primário, como a agricultura familiar, pesca artesanal, piscicultura, avicultura, entre outras. Para o diretor-presidente do Idam, Vanderlei Alvino, o resultado obtido é resultado do compromisso do Governo do Amazonas em fortalecer o setor primário do estado, com foco na geração de emprego e renda para o amazonense.

“O Idam e Afeam têm sido grandes parceiros no fomento ao setor primário, uma vez que o crédito é crucial para garantir melhores condições de trabalho aos produtores rurais amazonenses. Essa é uma determinação do governador Wilson Lima que temos seguido à risca para fortalecer o segmento como uma das principais matrizes econômicas do estado, além de garantir o emprego e renda a milhares de famílias”, pontuou o diretor-presidente.

Alvino acrescentou, ainda, que o Idam tem atuado fortemente na regularização dos trabalhadores rurais, com a emissão e renovação de documentos como o Cartão do Produtor Primário (CPP), a inscrição no Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF) e a regularização ambiental. “Com a documentação em dia, não há empecilhos para o acesso ao crédito rural e, também, a políticas públicas”, frisou.

Como acessar o crédito rural

Para acessar o crédito rural, é necessário que o produtor esteja com a documentação rural e com regularização ambiental da propriedade em dia. O recurso pode ser solicitado nas 75 UnLocs e postos avançados do Idam distribuídos nos 62 municípios amazonenses ou em ações itinerantes realizadas pelo instituto no estado.

Se os interessados cumprirem os pré-requisitos, um projeto de crédito é elaborado pelo instituto, que, posteriormente, é encaminhado à Afeam, a responsável pela avaliação da demanda e concessão do recurso.