Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Escola Pública de Parintins recebe Programa de Educação para a Diversidade

Trilhas da Diversidade é o programa da Piraporiando que está contribuindo para que educadores, estudantes e gestores tenham ferramentas para trabalhar educação antirracista, antibullyng, antipreconceito e de equidade de gênero em sala de aula

A Piraporiando está capacitando professores de escolas públicas e privadas em temas voltados para a diversidade, por meio do seu Programa Trilhas da Diversidade, que além de material físico conta com uma plataforma gamificada. O trabalho, que já ocorre desde de 2017, obteve melhorias e avanços nos últimos anos e já alcançou mais de 60 mil estudantes em estados como Rio de Janeiro, São Paulo, Paraíba, Minas Gerais e Amazonas.

O Trilhas da Diversidade une os enredos das obras literárias da Piraporiando, as temáticas do currículo escolar, os pilares da UNESCO, a BNCC (Base Nacional Comum Curricular, a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), a Declaração de Salamanca e os ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável), proporcionando que professores e gestores trabalhem os temas de forma lúdica, contextualizada no cotidiano do estudante, despertando e mantendo o interesse dos professores pelos temas.

O programa valoriza o formato híbrido. As obras literárias e o livro de atividades são físicos, e possuem realidade aumentada. Já as aulas com os professores e a gestão do programa é feita via plataforma gamificada. Além disso, os professores podem contar com imersões presenciais, momentos de encontros e trocas de experiências entre todos os integrantes do trilhas, que dura aproximadamente 6 meses e a cada novo ciclo a escola pode escolher um novo tema.

“Na plataforma são concentradas as aulas, contações de história, avaliações, materiais complementares. Também é por lá que ocorre a mensuração dos impactos obtidos pelas escolas participantes, além de ser um importante canal de relacionamento entre todos e todas. Além disso, para nós os encontros são muito importantes, além do ”fazer a mão., Por isso nosso material físico tem tecnologia digital e nosso conteúdo digital leva para um encontro presencial”, destaca Janine Rodrigues, fundadora da Piraporiando.

Escola unida pela promoção da diversidade

A escola estadual Ministro Waldemar Pedrosa, de Parintins-AM, é integrante do Trilhas da Diversidade da Piraporiando, onde atualmente cerca de 500 estudantes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental são atendidos. A escola aposta numa educação mais inclusiva e conta com um time docente disposto a inovar em sala de aula.

“A forma como se dá a construção do conhecimento pensado, estruturado e apresentado é de extrema qualidade. Parabenizo com louvor a formação. Acrescento ainda, através dos vídeos gravados posso compartilhar para que outros professores se enriqueçam com os conteúdos. 2022 tem sido sufocante pra nós aqui. São muitas cobranças, exigências com o currículo escolar devido a pandemia e o Trilhas tem sido um grande diferencial positivo para nós”, afirma a professora Mary Sônia.

A professora Mary avalia que o suporte oferecido é fundamental para pensar novas estratégias educacionais para lidar com a diversidade em sala de aula e que a Trilha da Diversidade apoiou na sua atualização profissional.

Como resultados do programa, a educadora destaca o fortalecimento da representatividade da identidade e da autoestima de estudantes, educadores e toda a escola com mais diálogo, escuta e afeto.

“A trilha ajudou bastante a trazermos ainda mais a pauta da diversidade, proporcionando o nosso desenvolvimento como sociedade através do RESPEITO às pessoas, as vivências e convivências”.

Atualmente a Piraporiando possui 7 (sete) versões do programa Trilhas da Diversidade, todas baseadas em suas obras literárias:

Trilhas da Diversidade – As duas bonecas azuis

Principais temas: Como abordar o medo e as frustracoes, Empoderamento feminino/ equidade de gênero, Preconceito x discriminação, Consciencia Social, Habilidades de relacionamento (BNCC) e Pilares da UNESCO.

Trilhas da Diversidade – No reino de Pirapora

Principais temas: Combate ao Bullying, Emoções (solidão, paciência, tolerância, empatia), Relações interpessoais, Autogestão, autoconsciência (BNCC) e os pilares da UNESCO

Trilhas da Diversidade – Nuang – Caminhos da Liberdade

Principais temas: Educação Antirracista/Relações étnico-raciais, Empoderamento feminino/ equidade de gênero, ESG e sustentabilidade, Tomada de decisão responsável, autogestão (BNCC) e Pilares da UNESCO

Trilhas da Diversidade – Histórias do Velho Nestor

Principais temas: Preconceito x discriminação, Discriminação etária,generacional(discriminação contra pessoas ou grupos baseado na idade), Fake news, Tomada de decisão responsável, Consciência Social (BNCC) e pilares da UNESCO

Trilhas da Diversidade – Onde está o Boris?

Principais temas: Anticapacitismo, Empoderamento feminino/ equidade de gênero, Coragem, empatia, pluralidade e diversidade, Autoconsciência, Habilidades de Relacionamento e os Pilares da UNESCO,

Trilhas da Diversidade – As incríveis aventuras de Nirobe na terra do Não

Principais temas: Habilidades socioemocionais, Relações étnico-raciais, O poder da imaginação e da criatividade na infância, Habilidades de relacionamento, autogestão, consciência social (BNCC) e pilares da UNESCO

-publicidade-