Estudantes de Itacoatiara ganham podcast para acompanhar conteúdos do ‘Aula em Casa’

Aulas são transmitidas por rádio do município

Com o “Aula em Casa”, alunos da rede estadual passaram a ter contato com diversas ferramentas, on e off-line, para dar continuidade ao ano letivo de forma séria e segura. No município de Itacoatiara, distante 176 quilômetros de Manaus, essas plataformas de apoio a distância acabam de ganhar um novo aliado: o rádio. Agora, cerca de 888 estudantes da Escola Estadual (EE) Deputado João Valério acompanham os conteúdos do ensino remoto, três vezes por semana, também por uma emissora de rádio local.

Intitulado “Aula na rádio com os professores da escola João Valério”, o projeto foi idealizado pela gestora Rosa Marília e pela pedagoga Ester Figueiredo Araújo, que sistematizou as ideias em documento. A pedagoga conta que a realização da iniciativa só foi possível graças a outro servidor da escola, o professor Rui Castro, que atua como apresentador do “Chamada geral”, da Rádio Panorama. É por meio do programa que as aulas são transmitidas.

“A ideia para o podcast surgiu da necessidade de levar as aulas até aos alunos que não estão conseguindo participar das atividades remotas, porque muitos deles não têm acesso às tecnologias de informação e comunicação”, afirmou Ester.

De acordo com ela, 231 estudantes da EE João Valério moram na zona rural do município, o que tem dificultado o acesso às videoaulas. Além disso, a instabilidade do serviço de Internet e a condição financeira de alguns alunos, que muitas vezes não possuem crédito ou aparelho celular, também são obstáculos enfrentados pela equipe da unidade.

“As mídias têm sido grandes aliadas para a Educação, desde muito tempo, principalmente o rádio, campeão com as aulas a distância. Como hoje vivemos uma crise no mundo inteiro, ele [o rádio] volta a ser utilizado para ajudar a alavancar o ensino”, completou a pedagoga.

Além do rádio, ela lista também o aplicativo de mensagens WhatsApp e as plataformas Google Meet, Zoom e Facebook como sendo grandes parceiros dos estudantes de Itacoatiara, durante a suspensão das aulas presenciais.

Segundo Rosa Marília, essa alternativa pedagógica veio contribuir com as ferramentas tecnológicas utilizadas no “Aula em Casa” e agregar cada vez mais estudantes ao projeto.

“A escola atende, neste ano letivo, 231 alunos de comunidades distantes, que residem nas vicinais e comunidades ribeirinhas, e o rádio tem uma ampla abrangência de divulgação. Além disso, esse projeto se estende a todos os estudantes da rede estadual de Ensino Médio que se encontram nesse contexto. Dessa forma, ele [o projeto] foi bem aceito e elogiado pela comunidade itacoatiarense”, disse a gestora.

A aluna Letícia Freitas, da 2ª série do Ensino Médio, reforça a importância do rádio para os estudantes. “É uma ferramenta muito importante durante o período de aulas remotas. Está sendo muito bom, pois os professores explicam muito bem cada detalhe, ajuda muito a gente”, acrescentou a jovem.

Cronograma – Os podcasts da EE Deputado João Valério vão ao ar sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, a partir das 7h25. Com duração de 6 minutos (cada), as transmissões contam com conteúdos extraídos da matriz curricular do Ensino Médio, como forma de fortalecimento do “Aula em Casa”.

“É importante ressaltar que o projeto tem a participação de 100% dos professores da unidade, dos turnos matutino e vespertino”, pontuou Ester.

A pedagoga adianta que os profissionais gravam suas aulas e as enviam com antecedência para ela, que, junto à gestora Marília Rosas, avalia os podcasts e os encaminha para a rádio, pelo menos um dia antes da transmissão.

Docentes – Para João Paulo Serafim e Mariluce de Oliveira Rodrigues Valente, professores respectivamente de Biologia e de Química da EE Deputado João Valério, os podcasts, por serem curtos e explicativos, facilitam o feedback entre os alunos e os docentes.

“O programa também busca diminuir a distância entre a gente [professores] e eles [estudantes]. O rádio é uma ferramenta de comunicação indispensável em nossas vidas, assim como a Educação”, frisou João Paulo.

“Com o projeto, queremos contribuir com o processo de ensino-aprendizagem dos alunos e comunidade em geral que não têm acesso à Internet”, concluiu Mariluce.

Premiação – Para avaliar a assimilação dos conteúdos por parte dos alunos, eles entregam aos professores monitores, semanalmente, um relatório com os assuntos que ouviram pela rádio. Os educadores, então, atribuem uma nota qualitativa aos estudantes. A equipe escolar estuda, também, premiar os estudantes que mais se destacarem.

FOTOS: Divulgação/Seduc-AM