FCecon abre inscrições para Residência em Enfermagem Oncológica

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) abre, nesta sexta-feira (27/11), as inscrições para o primeiro Programa de Residência Uniprofissional em Enfermagem Oncológica da instituição. As provas irão ocorrer em janeiro de 2021.

Serão ofertadas duas vagas para a residência dentro do programa, que terá duração de 24 meses e carga horária de 5.760 horas, sendo 20% de aulas teóricas e 80% de aulas práticas. O corpo docente será formado, principalmente, pelos servidores que atuam na Fundação Cecon, fortalecendo ainda mais o Ensino e Pesquisa na unidade.

Critérios – Para se inscrever, os candidatos devem possuir diploma de graduação no curso de Enfermagem, expedido por instituição credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no Conselho Regional de Enfermagem (Coren).

A inscrição deve ser feita acessando o site da FCecon (www.fcecon.am.gov.br). Ao clicar no banner “Residência em Enfermagem Oncológica”, o candidato a residente encontrará o formulário para inscrição, o edital do programa e demais informações relacionadas à seleção. O prazo de inscrições inicia nesta sexta-feira (27/11) e vai até 7 de dezembro de 2020.

A aplicação da prova escrita ocorrerá no dia 5 de janeiro de 2021, às 9h, na Fundação Cecon. A seleção terá, ainda, prova de títulos e análise curricular.

Os dois candidatos aprovados em todas as fases da seleção se tornarão residentes e terão direito a bolsa-auxílio no valor de R$ 3.330,43. A previsão de início das atividades da Residência em Enfermagem Oncológica é março de 2021, sob regime de dedicação exclusiva.

Inédito – Este é o primeiro Programa de Residência Uniprofissional em Enfermagem Oncológica oferecido pela FCecon, destaca a diretora de Ensino e Pesquisa da instituição, farmacêutica-bioquímica Kátia Torres.

“A Fundação Cecon tem o orgulho de anunciar o primeiro Programa de Residência em Enfermagem Oncológica. Assim, a Fundação irá contribuir para a formação de profissionais de Enfermagem especializados em atuar em Oncologia. Teremos uma qualificação profissional cada vez melhor, ampliando as oportunidades de trabalho especializadas na área”, afirma Kátia Torres.

FOTO: Bruno Zanardo/Secom