Informações e Notícias de Parintins

FVS realiza inspeções sanitárias e monitora ocorrências de atendimento em saúde em Parintins

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulgou o balanço do primeiro dia do trabalho realizado pelo órgão estadual em parceria com o Ministério da Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), durante o 54º Festival Folclórico de Parintins. Nas ações de Vigilância desta quinta-feira (27/06), quando aconteceu a Festa dos Visitantes, foram realizadas oito inspeções sanitárias, 38 orientações sanitárias para feirantes da Orla da Francesa, roda de conversa com movimentos sociais, 180 abordagens a vendedores ambulantes na Festa dos Visitantes e apreensão de 1,3 quilos de produtos impróprios para consumo.

No primeiro dia do monitoramento nas unidades hospitalares, a FVS registrou 81 atendimentos de saúde relacionados ao evento de massa. Dos casos atendidos, 65% foram clínicos (52) e 19% traumas (15), sendo que a maioria casos leves, de fratura, lesão perfurante, escoriação e contusão, o que reflete um quadro positivo no setor saúde. Nos casos clínicos, os principais sinais e sintomas relatados foram febre (24,7%), vômitos (17,3%), dor abdominal (17,3%), diarreia (14,8%) e cefaleia (12,3%). Doenças crônicas e embriaguez também foram relatados.

As informações constam no Boletim Diário de Monitoramento de Saúde do Festival emitido pela FVS-AM. O órgão enviou uma equipe a Parintins para realizar ações de vigilância em saúde com foco em eventos de massa e monitorar enfermidades de notificação compulsória, durante os dias de festa. A equipe está atenta a cuidados adotados na manipulação de alimentos, visando prevenir surtos de diarreia, e também no monitoramento, em Parintins, na semana posterior ao festival.

De acordo com a coordenadora das ações de monitoramento da FVS-AM, Raquel Tapajós, os atendimentos do primeiro dia ocorreram dentro do esperado, e as atenções se voltam agora para os três dias de apresentação no Centro Cultural de Parintins (Bumbódromo).

“O monitoramento na Festa dos Visitantes foi importantíssimo, porque já detectou casos de diarreia, por exemplo, em visitantes que haviam passado mal ainda nos barcos vindos de Manaus”, detalhou Raquel.

Os atendimentos médicos foram realizados no Hospital Dr. Jofre Cohen (43,2%), Hospital Padre Colombo (40,7%) – ambos em Parintins – e na Festa dos Visitantes (16%). Os tipos de procedimentos realizados foram medicação (54,3%), aferição de pressão (50,6%), curativo (17,3%), raio x (12,3%), teste de glicemia (11,1%), outros não especificados (8,6%) e exames laboratoriais (6,2%).

Dos 81 atendimentos, 74 eram de pessoas do Amazonas, dois do Rio de Janeiro, dois de São Paulo, um do Rio Grande do Sul, um estrangeiro e o outro de origem ignorada. Apenas 11% incluíam moradores de Parintins.

As comorbidades identificadas foram hipertensão (18,5%), diabetes (8,6%), alergia (3,7%), outras doenças não especificadas (3,7%), cardiopatia (2,5%) e asma (1,2%).

O perfil epidemiológico dos atendimentos apontou, também, que 60% foram para homens e 40% para mulheres. 74 dos atendidos moram no Amazonas e os demais residem no Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e em outros países.

Entre os pacientes atendidos, 55% receberam alta médica, 40% ficaram em observação e 5% foram transferidos para outra unidade de saúde. Entre os tipos de traumas identificados estão fratura (7,4%), lesão perfurocortante (7,4%), outros traumas não especificados (3,7%), escoriação (3,7%), contusão (2,5%), lesão cutânea (2,5%), queimadura (2,5%) e luxação/entorse (2,5%).

FVS realiza inspeções sanitárias e monitora ocorrências de atendimento em saúde em Parintins

FOTOS: Divulgação/FVS

Comentários
você pode gostar também