Governador Wilson Lima autoriza pagamento da subvenção da juta e malva para mais de 400 produtores rurais

ADS vai liberar os recursos, que totalizam R$ 2,193 milhões, na segunda-feira, dia 25 de novembro

O Governo do Amazonas, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), irá realizar o pagamento da subvenção econômica da juta e malva para mais de 400 produtores rurais de 12 municípios do estado, na próxima segunda-feira (25/11). No total, serão injetados na economia R$ 2.193.950,48 referentes às safras de 2015/2016 até 2018/2019, incluindo juticultores que não conseguiram entregar a documentação necessária para o pagamento realizado no mês de junho deste ano.

O governador Wilson Lima participa da cerimônia de liberação dos recursos, que será realizada na Escola Estadual Luiz Gonzaga de Souza Filho, situada na rua João Pessoa, bairro Laguinho, em Codajás (a 240 quilômetros de Manaus). Além de juticultores de Codajás, também serão beneficiados produtores dos municípios de Anamã, Anori, Beruri, Caapiranga, Coari, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Manaquiri, Nhamundá e Parintins.

Na solenidade, receberão cheques simbólicos os produtores Francisco Raimundo Vieira Neponucemo, de Codajás, com o valor de R$ 4.993,26; Ivanilce Sales Noguchi, de Anamã, com o valor de R$ 13.523,30; e José Maria da Costa do Nascimento, do município de Anori, com o valor de R$ 13.123,00.

Os produtores recebem o benefício por meio de ordem bancária, podendo sacar os valores por meio da apresentação de documento de identidade. A subvenção econômica das fibras gera para o produtor rural um lucro extra de aproximadamente 40%.

Os juticultores de Anamã, Anori e Codajás deverão se dirigir ao Banco Bradesco de Codajás. Os produtores de Caapiranga receberão em Manacapuru, e os de Nhamundá, em Parintins. Os demais beneficiados vão receber em seus respectivos municípios.

Governador Wilson Lima autoriza pagamento da subvenção da juta e malva para mais de 400 produtores rurais

Primeiro pagamento – Em junho de 2019, a nova gestão do Governo do Amazonas efetuou o pagamento da subvenção econômica da juta e malva para aproximadamente 700 produtores rurais de 12 municípios do estado. No total, foram injetados na economia R$ 3.534.678,22 referentes ao pagamento das safras de 2014/2015 até 2017/2018. A cerimônia de liberação dos recursos foi realizada no município de Manacapuru, com a participação do governador Wilson Lima.

Durante a ação foram beneficiados juticultores dos municípios de Anamã, Anori, Beruri, Caapiranga, Coari, Codajás, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Manaquiri, Nhamundá e Parintins.

O pagamento da subvenção foi retomado em 2018, porém foi realizado apenas em parte, ficando pendentes os valores de R$ 43.507,80 da safra 2014/2015 para 11 produtores de Manacapuru; de R$ 97.476,10 da safra 2015/2016 para 38 produtores de Anamã, Anori e Manacapuru; de R$ 1.215.652,23 da safra 2016/2017 para 361 produtores de nove municípios; e R$ de 2.178.042,09 da safra 2017/2018 para 583 juticultores de nove municípios.

Fibras – A produção da fibra vegetal juta e da planta malva é uma das atividades de grande valor para a indústria têxtil. Cultivadas nas áreas de várzea, sem insumos químicos, elas representam uma alternativa ecológica para a confecção de embalagens, principalmente, na substituição das sacolas plásticas.

Subvenção – A Lei 2.611, de 4 de julho de 2000, regulamentada pelo Decreto 24.196, de 29 de abril de 2004, institui a concessão de subvenção econômica a produtores de juta e malva no estado, tendo como objetivo incentivar a produção dessas culturas. O processamento e a fiscalização das habilitações e dos pagamentos das subvenções são realizados pela Secretaria de Produção Rural (Sepror), por meio da ADS. Atualmente, o valor da subvenção é de R$ 0,40 por quilo produzido.

FOTOS: Divulgação e Diego Peres/Secom

Comentários
Loading...