The news is by your side.

Governo do Amazonas dobra investimentos nos programas procalcário e promecanização

O Governo do Amazonas vai dobrar os investimentos no setor primário, por meio dos programas procalcário e promecanização. O anúncio foi feito pelo secretário de Produção Rural (Sepror), Petrucio Magalhães, durante vistoria ao Centro de Educação em Tempo Integral (Ceti) de Parintins, nesta sexta-feira (24/5), último dia do Programa “Amazonas Presente”, no Baixo Amazonas.

“Estamos lançando os dois programas procalcário e promecanização, em que o governador determinou dobrar os recursos. Temos R$ 5,2 milhões para o procalcário, ano passado foram executados R$ 2,5 milhões. No promecanização foram executados, em 2018, e tem R$ 18 milhões à disposição do produtor. A gente convoca todos os produtores rurais, agricultores, que procurem o Idam, que é nosso escritório local para elaborar os projetos, para que esses recursos possam vir aqui para Parintins e as empresas possam iniciar a mecanização”, afirmou o secretário da Sepror.

Petrucio Magalhães estava acompanhado de representantes do Sistema Sepror e do secretário de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc), Luiz Castro. Na ocasião, também foi feita entrega simbólica dos móveis produzidos pelo Programa de Regionalização do Mobiliário Escolar (Proeme).

Mobiliário – Durante a primeira edição do Programa “Amazonas Presente” ocorreu a assinatura dos contratos de adesão ao Programa de Regionalização do Mobiliário Escolar. Em Parintins, a cota de R$ 1,166 milhão foi distribuída para nove movelarias, sendo uma associação e oito indústrias de moveleiros, beneficiando aproximadamente direta ou indiretamente 1.200 pessoas.

“A gente entende também que o simbolismo de entregarmos os móveis escolares é muito importante, porque nós estamos associando os investimentos do Estado e prestigiando a economia regional, como é diretriz do governador Wilson Lima. Ele sempre coloca isso como prioridade e nós da Seduc levamos a sério essa prioridade. Criamos um núcleo de apoio a produção regional para compra de móveis regionais, ampliar a merenda produzida pela agricultura familiar. A Seduc dá o exemplo de que o próprio Governo não pode só dizer, tem que fazer”, destacou o secretário da Seduc, Luiz Castro.

O diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Flávio Antony, lembrou da retomada do Proeme pelo Governo do Estado. “Estava desacreditado, os moveleiros com uma dívida de aproximadamente R$ 800 mil do ano passado para esse ano. Foi a primeira providência do governador Wilson Lima. Foi o primeiro pagamento que a ADS fez nesta gestão foi para quitar todas as dívidas do ano passado. Agora a gente está procurando fortalecer cada vez mais, com a determinação que o governador nos passou, e estamos fazendo uma entrega simbólica aqui. O programa vai ter esse ano R$ 5,6 milhões. Tão logo os contratos sejam assinados eles já poderão ser faturados para receber. Seduc, mais o Sistema Sepror, sempre integrados, fazendo com que a economia seja fomentada no interior do Estado do Amazonas”, afirmou Flávio que também visitou a Associação de Moveleiros de Parintins.

O secretário da Sepror, Petrúcio Magalhães, fez questão de falar sobre o trabalho integrado entre as pastas. “Isso fortalece a economia do interior, gerando oportunidade de renda. Parabenizo a Seduc, que destacou um orçamento expressivo para esses programas de regionalização do mobiliário e merenda escolar. São dois programas para fortalecer a agricultura familiar, os produtores, moveleiros. Parabenizo a ADS pela operacionalização de todos esses programas de forma muito competente”, afirmou Petrucio.

Merenda – Nesta sexta-feira, também ocorreu a entrega do Certificado de Credenciamento ao Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme) para quatro cadastrados do município de Parintins (uma associação, uma cooperativa e duas agroindústrias). O valor a ser investido neste ano no município, por meio do Preme, é de R$ 1,3 milhão .

FOTOS: Herick Pereira / Secom

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.