Parintins Notícias

Parintins Notícias
Facebook
Twitter
WhatsApp

Representantes da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas- Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), participam, até esta sexta-feira (29/09), no Rio de Janeiro, de reunião técnica sobre definição de prioridades de pesquisa em malária com foco na eliminação do Brasil.

O evento é promovido pelo Ministério da Saúde, através da Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA). A ocasião reuniu gestores, técnicos e pesquisadores que atuam no combate à doença no país.

Durante o treinamento, o responsável técnico pelo Programa de Eliminação da Malária, da SVSA/MS, Cássio Peterka, destacou que a oficina não tem o intuito de promover o fomento, mas sim, identificar as necessidades e apresentar aos parceiros.

“As parcerias, na maioria das vezes, são técnicas para mostrar os trabalhos que estão sendo desenvolvidos no Brasil e assim avançar nas questões de financiamento”, comentou Cássio.

Para a diretora presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, presente no evento e acompanhada pela equipe especializada do órgão, o encontro proporcionou interligar diferentes segmentos que trabalham no controle e eliminação da doença.

“A discussão com olhares diferentes no âmbito de pesquisa, serviço e gestão foi enriquecedora, pois buscamos por meio do diálogo, iniciativas integradas para alcançarmos resultados diferentes com foco na eliminação da malária na região amazônica”, disse a diretora, Tatyana.

Para a pesquisadora, Márcia Castro, professora da Universidade de Harvard, é fundamental que a academia entenda o seu papel voltado para a capacitação, e aproveitar a expertise do Brasil, que tem especialistas para serem os líderes em treinamentos voltados para malária nas américas.

“Esse processo estimula a geração do conhecimento colaborativo, como também, pode otimizar os processos e desta forma melhorar na ponta”, destacou a pesquisadora Márcia, durante a reunião.

Ao todo, participaram do encontro 80 representantes nacionais de serviços e pesquisa que atuam no país para a eliminação da malária até 2035.

Relacionados