Inédito no JEA’s, Jiu-Jitsu parintinense conquista cinco medalhas

Inédito no JEA’s, Jiu-Jitsu parintinense conquista cinco medalhas
Foto: Kedson Silva

Parintins soma oito medalhas, sendo três de ouro, três de prata e duas de bronze.

Cinco medalhas, sendo uma de ouro (Graziela Fonseca) do CETI, três de prata com Andressa Maria (IFAM), Gabriel Camarão (GM3), Enderson Brasil (João Bosco) e uma de bronze com Gabriel Santarém (Batista), consagraram nesta sexta-feira (20) a estreia do Jiu-Jitsu parintinense nos Jogos Escolares do Amazonas (JEA’s 2018).

“Estou muito feliz! É uma satisfação muito granfe estar participando do JEA’s representando Parintins. E só tenho a agradecer aos meus professores da escola e da academia Paulo Sicsú onde treino. Dedico esse ouro ao meu pai (Clemer Carneiro) que comprou meu kimono, me botou na acadêmia e sempre me apoia”, destacou a medalhista de ouro Graziela que, com a conquista, garantiu classificação para o Brasileiro na categoria infantil.

O atletas Gabriel Camarão ainda participou na noite de sexta-feira (20) do II Campeonato JUNGLE-CUP de Jiu-Jitsu, conquistando duas medalhas, sendo uma de prata e uma de ouro.

No primeiro dia de disputa da modalidade atletismo, Parintins conquistou sua terceira medalha de ouro na prova dos 75 metros, na categoria infantil com a atleta Sabrina Paulino do Colégio do Carmo. Com a dourada da aluna do Ceti, agora a delegação da Ilha soma oito medalhas, sendo três de ouro, três de prata e duas de bronze. Os atletas Diogo Marinho (CETI) e Paloma Santos (GM3) se classificaram para a final dos 100 metros rasos.

Resultados de sexta-feira:

No handebol Infantil Masculino, a escola Dom Gino venceu de W.O. o representante da cidade de Careiro Castanho e se classificou para a final. Já o handebol juvenil masculino da escola sen. João Bosco goleou o Colégio Militar de Manaus por 27 a 07. Com gols de Rogério e Flávio, o futsal infantil masculino venceu Silves por 2 a 0 e também se garantiu para a próxima fase da disputa estadual.

A equipe de voleibol feminino juvenil do GM3 derrotou Codajás por 2 a 1, levando a decisão da vaga para o último jogo. Com duas derrotas a escola municipal Irmã Cristine dá adeus a competição. No xadrez, categoria infantil masculino, o atleta João Lima Garcia e Manuela Queiroz, ambos do Colégio do Carmo continuam na luta por medalha.

Deixe um comentário