Parintinense Kael Modesto na Paraolimpíada Escolar
Kael Modesto

Com apoio da Prefeitura de Parintins, Kael Modesto acompanhado da professora Helida Gadelha embarcaram para Manaus nesta quarta-feira.

Depois do feito da conquista da medalha de ouro nos Jogos Escolares do Amazonas, JEA’s, que aconteceu no mês de julho em Manaus, o parintinense Kael de Souza Modesto, 13 anos, aluno do Ceti/Dep. Gláucio Gonçalves busca voos mais altos e lutará por mais uma medalha inédita para Parintins, dessa vez, na disputa da Paraolimpíada Escolar que acontece de 19 a 24 de novembro no Centro de Treinamento Paraolímpico Brasileiro em São Paulo – SP.

Compondo a seleção amazonense, disputando na modalidade tênis de mesa, categoria PCD (Pessoa Com Deficiência), superando a paralisia Cerebral Hemiplégica a Direita e Epilepsia através do esporte, o atleta se diz pronto para a disputa nacional. “Estou muito feliz! Só tenho a agradecer a Deus, meus professores e minha família pela oportunidade de poder participar de mais essa competição. Treinei muito e estou pronto para lutar por uma medalha, se Deus quiser pela de ouro!”, frisou Kael.

Com apoio da Prefeitura de Parintins, Kael Modesto acompanhado da professora Helida Gadelha embarcaram para Manaus nesta quarta-feira no navio/motor Oliveira e viajarão junto a delegação, da Capital para São Paulo na madrugada de domingo, 17. “Apesar de suas limitações, o Kael é um menino de ouro. Essa participação em uma competição a nível nacional é muito importante, pois além de mostrar o potencial que Parintins e o Amazonas tem no tênis de mesa estudantil, também abrem portas pra outros alunos PCDs também acreditarem no seu potencial e não deixarem suas limitações o impedirem de praticar algum esporte, aprendendo a superar seus próprios limites”, destacou a professora Helida Garcia.

Responsável pela delegação amazonense, Joaquim Filho primeiramente parabeniza Kael, Helida e familiares pelo apoio ao atleta. “No interior existem muitos deficientes talentosos e que precisam de mais valorização, principalmente das famílias. Com esse intercâmbio enfrentando atletas de outros estados, o Kael vai crescer muito para as disputas futuras”, destacou Joaquim.

A seleção regional busca medalha na disputa escolar nacional com 17 atletas nas modalidades: tênis de mesa, atletismo e bocha nas disputas individual, em dupla e grupo, decididos através de sorteio.

A Competição Nacional

Integrando atletas de 12 a 18 anos de todos os estados e o Distrito Federal, a edição 2018 das Paraolimpíadas Escolares será realizada de 19 a 24 de novembro, em São Paulo, com disputa em 11 modalidades (atletismo, bocha, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, futebol de 5, basquete em cadeira de rodas e vôlei sentado), e todas elas terão provas no Centro de Treinamento Paraolímpico, situado na Rodovia dos Imigrantes, na capital paulista.

Texto: Kedson Silva/Semjuv

Comentários