Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Instituto de Ensino da SSP-AM capacita agentes para atuação de qualidade em diversas frentes da Segurança Pública

De 2019 até outubro deste ano, mais de 20 mil servidores foram capacitados pelo Iesp

Criado por meio da Lei Delegada nº 64, de 4 de maio de 2007, o Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública (Iesp), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), é responsável pela formação, aperfeiçoamento e a especialização dos profissionais de Segurança Pública.

O diretor-geral do Iesp, coronel Audo Albuquerque, ressaltou que a instituição tem importância na Base Curricular Unificada dos agentes que fazem parte da Polícia Militar (PMAM), da Polícia Civil (PC-AM), do Corpo de Bombeiros Militar (CBMAM) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), além de desenvolver parceria com a Guarda Municipal de Manaus.

De acordo com o coronel, alguns cursos são realizados em parceria com outros órgãos. “Por exemplo, vamos iniciar em dezembro um curso voltado aos capitães da Polícia Militar para serem promovidos a majores, que é o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) da PM. Um curso feito em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA). O Iesp também tem parceria com o Cetam e outros órgãos essenciais na formação destes profissionais”, explicou.

Estrutura

Para contribuir na formação dos alunos, o Iesp conta com 70 salas de aula, quatro salas de informática voltadas para a formação do profissional referente à tecnologia da informação e área desportiva para aulas práticas, além de manter estreitas relações com órgãos que possam ser responsáveis pela graduação e pós-graduação desses servidores, oferecendo assim o que há de melhor no ensino de Segurança Pública.

Formação de servidores

Do ano de 2019 até outubro de 2022, 22.320 servidores da PMAM, PC-AM e do CBMAM receberam aulas ministradas pelo Iesp. No mesmo período, foram ofertados 250 cursos de capacitação.

Atualmente, o instituto está coordenando o Curso de Formação da Polícia Civil, com aprovados para os cargos de delegado, investigador, escrivão e perito.

-publicidade-