Operário morre após ser imprensado por empilhadeira

O acidente que vitimou o operário José Raldivan Barreto Araújo, 45, conhecido como Piauí, ocorreu por volta das 16h deste sábado (14) no pátio de uma das empresas localizadas no Bairro de Santa Clara.

Segundo a doméstica Eva Farias Pinto, esposa da vítima, outros trabalhadores que presenciaram o acidente relataram que Piauí foi imprensado por uma empilhadeira no momento que outro operário manuseava a máquina.

“O rapaz contou que foi empilhadeira. O meu marido passou por trás da máquina, o motorista não viu e ao recuar imprensou ele”, relatou a cidadã.

Eva contou ainda que ao ser imprensado o marido sofreu ainda perfurações na virilha. Ele foi conduzido ao Hospital Jofre Cohen, mas pela gravidade dos ferimentos e lesões na parte atingida pela empilhadeira foi encaminhado ao Hospital Padre Colombo.

Embora a equipe médica de plantão tenha adotado todos os procedimentos cirúrgicos para salva-lo, ele não resistiu indo a óbito.

Abatida, Eva Farias lamentou a morte do marido lembrando que há quatro meses também perdeu o irmão, o pintor Roberto Farias Pinto, 45, encontrado morto no dia 07 de dezembro de 2017 na escadaria da Orla da Francesa, com indícios de espancamento.

“Quando eu cheguei meio dia da igreja, ele estava fazendo almoço para as minhas filhas. É dolorido porque há quatro meses perdi o meu irmão assassinado”, lamentou.

A reportagem não conseguiu contato com o proprietário da empresa para se manifestar sobre o ocorrido. A esposa da vítima informou que a empresa está prestando auxílio, inclusive, funeral e financeiro.

Fonte: facebook.com/portalparintins

Deixe um comentário