Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Parque de exposição de Parintins terá ampla revitalização para feira de bubalinos, 36ª Expopin e melhoramento genético

Foto: Júnior Preto Lima

A 8ª Feira de Bubalinos de Parintins no período de 02 a 05 de junho, a 36ª Exposição Feira Agropecuária de Parintins (Expopin) no final do ano e o programa de melhoramento genético estão confirmados pela Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror). Para a realização dos eventos agropecuários, o Governo do Amazonas e a Associação dos Pecuaristas de Parintins (APP) dão continuidade ao projeto de revitalização do Parque de Exposição Agropecuária Luiz Lourenço de Souza.

Substituição de telhado dos galpões, tatersal de leilões, galpões de argola, nova arquibancada na Pista do Laço Zé do Similo, em alvenaria e concreto, com sistema de drenagem de água pluvial, reconstrução da forroteria, reforma do aprisco e da área de balança de recebimento de animais são as necessidades vistoriadas em levantamento feito pela engenheira civil, Milene Santos, e o arquiteto, Deyvid Lopes Costa, ambos da Sepror, com o presidente da APP, Telo Pinto.

A obra contempla um laboratório de inseminação artificial para a execução do Programa Mais Pecuária Brasil, anunciado pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, no dia 25 de março. A associação dos pecuaristas celebra os investimentos para a retomada da feira de bubalinos não realizada desde 1995, a chegada de 600 prenhezes de alta genética de Uberaba, Minas Gerais, para o melhoramento genético de bovinos e a 36ª Expopin em 2022.

 

As tratativas do andamento das adequações estruturais do parque de exposição ocorreram na segunda-feira, 28 de março, e terça-feira, 29 de março. A sala de reprodução animal, com laboratório de inseminação artificial, visa o atendimento aos pecuaristas para receber embriões e sêmens, com o objetivo de promover o melhoramento genético em busca de maior qualidade ao rebanho tanto em Parintins quanto no Baixo Amazonas.

A Associação dos Pecuaristas de Parintins integra o grupo de trabalho do Mais Pecuária Brasil, junto com a Sepror, Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) e Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa).

-publicidade-