Pré-cadastro para o programa ‘Renda Certa’ pode ser feito pela Internet

Pré-cadastro para o programa 'Renda Certa' pode ser feito pela Internet
Foto: Herick Pereira (FPS)

Os atendimentos no Centro de Convenções continuam até a próxima terça-feira, dia 8 de maio, das 8h às 17h (exceto domingo)

Com a proposta de oferecer mais comodidade e praticidade para a população, o Governo do Amazonas disponibiliza um canal direto no portal www.amazonas.am.gov.br, para a realização do pré-cadastro de pessoa física no programa “Renda Certa”. O programa foi lançado no último dia 2 de maio, pelo governador Amazonino Mendes e tem o objetivo de estimular atividades econômicas e combater o desemprego.

Os atendimentos no Centro de Convenções Vasco Vasques, na zona centro-sul de Manaus vão continuar sendo feitos até o dia 8 de maio, das 8h às 17h (exceto domingo). Desde a última quinta-feira (3), milhares de pessoas já compareceram ao local.

O programa vai financiar a aquisição de máquinas, equipamentos e capital de giro para mais de 30 opções de negócios. O público-alvo do projeto são pessoas físicas, microempreendedores, associações e cooperativas. Coordenado pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), o “Renda Certa” tem investimento inicial de R$ 38 milhões, tendo como agente financeiro a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

“Para atender a grande demanda vamos estender os atendimentos no (Centro de Convenções) Vasco Vasques, e para agilizar estamos fazendo os cadastros pelo site do Governo. O ‘Renda Certa’ é um programa de incentivo ao empreendedorismo e inclusão social que vai possibilitar às pessoas adquirirem equipamentos para começar a trabalhar”, ressaltou a presidente de honra do FPS, Mônica Mendes.

Documentação – Para se fazer o cadastro tanto pelo site quanto presencialmente, é necessário ter em mãos o comprovante de residência, documentos de identidade e CPF. Se for casado, deve ter a certidão de casamento.  Mais informações sobre o projeto e como se inscrever podem ser obtidas pelos telefones 99436 -1110, 99437-8793, 3303-8463 e 3303-8341.

Financiamento – O programa possui crédito simplificado e facilitado, com flexibilidade para pessoas com restrição cadastral, mediante análise de cada caso, como medida de apoio social à população atingida pelo desemprego, em decorrência da grave crise econômica do país. Os limites de financiamento são de até R$ 15 mil para profissionais liberais; de até R$ 30 mil para microempreendedor individual (MEI); de até R$ 150 mil para micro e pequena empresa; e de até R$ 500 mil para cooperativa e associação.

As taxas de juros variam de 6% ao ano para profissionais liberais;  8% ao ano para MEI; 10% ao ano para microempresas (individuais ou de cooperativas e associações); a 12% ao ano para pequenas empresas individuais ou de cooperativas e associações).

As taxas de juros são subsidiadas pelo Governo do Estado. O primeiro passo é fazer o cadastro junto ao FPS, que é quem irá capitanear esse programa. Depois que for feito o cadastramento, o FPS irá selecionar esse quantitativo desses clientes e fazer a parceria com o Sebrae para treiná-los e, posteriormente, fazer o plano de negócios e então encaminhar para a Afeam para firmar o negócio.

O período de financiamento é de até 48 meses, incluso até seis meses de carência, para investimento fixo (aquisição de máquinas e equipamentos); de até 24 meses, incluso carência de até três meses para capital de giro; e de até 48 meses, admitindo até seis meses de carência para investimento misto (capital de giro mais máquina e equipamento).

Deixe um comentário