Preço de combustível em Parintins é questionado na Câmara Municipal

Há oito semanas existe queda contínua no preço do combustível no país, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP). O ritmo de redução nas refinarias e postos em Manaus, capital do Amazonas, ainda não chegou a Parintins. O fato gerou polêmica, veiculada na imprensa local. Mediante a situação, membros da Comissão Representativa do Recesso na Câmara Municipal de Parintins, convocaram reunião para esclarecimentos. O encontro aconteceu na manhã dessa terça-feira (18).

Na pauta da reunião também foi pontuado caso de gasolina adulterada. Somente dois proprietários de postos de gasolina compareceram à reunião, José Roberto e Gilson Matos. Questionados sobre a não redução de preço no município, foram enfáticos em ressaltar a logística bem como cálculo de custos. Para tanto, levaram documentos, como notas fiscais, para respaldo de suas respectivas empresas.

No plenário, além dos empresários, estavam os vereadores Afonso Caburi (PTB), Beto Farias (Podemos), Cabo Linhares (Patriota), Maildson Fonseca (PSDB), Marcos da Luz (PRB), Vanessa Gonçalves (PROS) e Telo Pinto (PSDB), bem como o mediador de conflitos do Procon Parintins, Daniel Adelino Filho, e o chefe da Sefaz em Parintins Massilon Cursino. Massilon enfatizou como funciona a tributação e parabenizou a Câmara pela convocação ao esclarecimento.

O vereador Telo Pinto declarou que o preço de combustível já foi debatido algumas vezes na Casa Legislativa e quanto à documentação apresentada pelos empresários, sugeriu protocolo e anexo aos anais da Casa Legislativa para futuros esclarecimentos referente aos custos que têm para gerir todo o sistema de abastecimento da cidade.

O parlamentar lamentou a ausência de Promotores de Justiça, Juizado, Defensoria Pública, de outros proprietários de postos de combustível e alguns veículos de imprensa, os quais foram convocados e não compareceram ao debate.

Fotos: Lúcio Costa / Karine Nunes
Texto: Clely Ferreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here