Programa de Apoio à Pesquisa recebe propostas até o dia 4 de maio
FOTO: ARQUIVO/ÉRICO XAVIER

Programa visa financiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, ou de transferência tecnológica, em todas as áreas de conhecimento.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) recebe até o dia quatro de maio as propostas dos interessados em submeter projetos no Programa de Apoio à Pesquisa (Universal Amazonas). O programa visa financiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, ou de transferência tecnológica, em todas as áreas de conhecimento, que representem contribuição significativa para o desenvolvimento do Estado.

O programa conta com um investimento da ordem de R$ 3,2 milhões. Desse valor, R$ 2,2 milhões serão destinados ao auxílio-pesquisa e R$ 1 milhão para subsídio de bolsas.

Estima-se financiar até 80 propostas no valor de no máximo R$ 40 mil (cada). Os projetos terão prazo máximo de execução de até 18 meses.

Entre os requisitos para participar do programa é preciso possuir a titulação de doutor, além de ter vínculo com instituição de pesquisa e/ou ensino superior ou centro de pesquisa, públicos ou privados, sem fins lucrativos, com sede ou unidade permanente no Estado do Amazonas.

A previsão é que o resultado seja divulgado até o mês de junho. A implementação dos projetos seja feita a partir do mês de julho, conforme detalhado no cronograma do edital.

Propostas – As propostas deverão ser apresentadas em Formulário online específico e enviadas por meio eletrônico, via Sistema de Gestão da Informação da Fapeam (SIGFapeam) disponível no endereço eletrônico: http://www.fapeam.am.gov.br.

Para acessar o formulário o proponente deverá utilizar seu login e senha previamente cadastrados. Novos usuários deverão realizar o cadastro no banco de pesquisadores da Fapeam. Além do envio do Formulário online, a submissão da proposta requer a apresentação de documentação complementar a ser anexada ao sistema, como detalhado no edital.

Edital Universal Amazonas
Departamento de Difusão do Conhecimento- Decon

Deixe um comentário