Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Programa de Recuperação da Várzea começa a ser executado pela Prefeitura de Parintins

A retomada da produção rural da várzea de Parintins, após as consequências desastrosas causadas pela maior enchente da história, começou a ser trabalhada pela Prefeitura de Parintins. A equipe técnica da Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa) visitou produtores rurais nas comunidades Paraná do Espírito Santo de Cima, São Sebastião do Boto e São José da Vila Bentes nesta semana.

A cheia recorde do Rio Amazonas deixou rastros e as terras estão saindo do fundo desde o início do mês de agosto, com um cenário de plantações inteiras destruídas. A família Lima Azevedo contabilizou perda total da produção de mais de mil pés de banana das variedades branca, grande e prata, na comunidade São José da Vila Bentes. No período da enchente, o secretário da Sempa, Tião Teixeira, esteve na plantação inundada e constatou os prejuízos de Elionei Batalha.

Junto com o filho, o produtor rural Salatiel Lima Azevedo fazia a colheita de até 140 cachos por semana para abastecer Parintins e a enchente levou tudo. A coordenadora de Produção Vegetal da Sempa, engenheira agrônoma Wanderléia Ribeiro, fez o cadastramento dos dois agricultores familiares no Programa Municipal de Recuperação da Várzea que prestará apoio com assistência técnica. Salatiel Lima Azevedo não desanimou para recomeçar a produção de banana.

Produtores que perderam tudo terão orientação técnica da Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento 

Na Vila Bentes, a enchente também afetou a economia da família do produtor rural Divaldo da Silva Bentes, com a destruição das culturas agrícolas como banana, cana de açúcar, jerimum. Na comunidade Paraná do Espírito Santo de Cima, a equipe da Sempa visitou a propriedade da produtora rural Letícia Salgado Cardoso que perdeu todas as culturas agrícolas, conseguindo salvar apenas 100 mudas de banana para voltar a plantar.

O secretário Tião Teixeira ressaltou a perseverança e reconheceu a força de vontade dos produtores da área de várzea em recomeçar do zero agora no período da vazante do Rio Amazonas. “Nós vimos o sofrimento dos produtores na enchente e agora estamos voltando para dar suporte a eles que perderam tudo. Muitos estão começando do zero, são guerreiros, não desistem, estão semeando e o poder público vai dar atenção especial a esses produtores”, assegurou Tião.

A equipe técnica da Sempa foi formada pelos engenheiros agrônomos Wanderléia Ribeiro, Josinaldo Corrêa, coordenadora de Produção Animal, zootecnista Kaila Cerdeira, técnico em agropecuária, Jósimo Ribeiro, técnico em recursos pesqueiros, Djavan Brito, assessor técnico Samuel Reis e estagiário de agronomia, Julião Guimarães. O secretário Tião Teixeira prepara agenda de visita técnica à outras comunidades de várzea para as próximas semanas.

você pode gostar também
Comentários
Loading...