Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Quarenta piscicultores de Barreirinha são capacitados em curso de boas práticas

Com o objetivo de capacitar os profissionais da área de pisicultura local em diversos aspectos, a Prefeitura de Barreirinha, por meio da Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempa), realizou nos dias 12 e 13 de agosto, o curso Boas Práticas para a Piscicultura, desenvolvido em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM), Campus Parintins.

Cerca de 40 alunos entre piscicultores e demais interessados em saber mais sobre a criação de peixes em cativeiro participaram do evento, que foi ministrado pelo doutor em Engenharia de Pesca e professor no curso de Recursos Pesqueiros do Ifam Parintins, Renato Cardoso. “O curso partiu do projeto de extensão chamado Fortalecimento da Cadeia da Piscicultura na região do Baixo Amazonas, em parceria com a Prefeitura de Barreirinha para que cada vez mais possamos engradecer a produção pesqueira nos municípios”, informou Renato.

De acordo com secretário da Sempa, Kennedy Andrade, a participação do público foi positiva e o investimento em capacitação é fruto do investimento que a gestão municipal propõe para desenvolver a cadeia econômica do município. “Tivemos uma busca expressiva de pessoas que procuraram a Sempa para participar do curso e absorver o máximo de orientações possíveis. Esse projeto não seria possível se o governo municipal não tivesse incentivado em nome do prefeito Glenio Seixas e do vice, Ridson Barbosa, que estão trabalhando incansavelmente pelo setor primário”, disse.

Para o piscicultor Daniel Ribeiro, da comunidade Ituquara, o momento foi relevante pelo conhecimento adquirido durantes os dois dias. “Esse curso não trouxe só informações pra mim como piscicultor, mas para todo esse povo que participou. O Dr Renato foi primordial para esse curso, mostrou como nos ajudar e a crescer e melhorar nossas rendas”.

Para a participante do curso, Ivany Marques, criar peixe era apenas colocar no tanque e deixa-lo crescer por conta própria. “Estou muito gratificada por ter tido a oportunidade de participar deste curso. Pra mim foi descobrir e me empoderar de conhecimentos que eu não tinha. Achava que criar peixe era só colocar no tanque e pronto! Encerro esse curso com uma vontade enorme de também fazer parte desse ramo de piscicultores”, concluiu a aluna, que juntos demais receberam certificados ao final da capacitação.

No dia 20 de agosto está previsto a entrega de alevinos de tambaquis para piscicultores cadastrados no banco de dados da Sempa. A equipe técnica da Secretaria fará o acompanhamento técnico e o desenvolvimento dos pescados que forem doados aos produtores.

você pode gostar também
Comentários
Loading...