Seas realiza novo treinamento do CapacitaSuas para 12 municípios amazonenses

Gestores e técnicos de 12 municípios amazonenses iniciaram na manhã desta segunda-feira (25/11) uma nova maratona de cursos de capacitação e formação que fazem parte do Programa Nacional de Capacitação do Sistema Único de Assistência Social (CapacitaSuas). O evento é uma realização da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), por meio do Departamento de Gestão do Suas (DGSuas), em parceria com a Universidade Estado do Amazonas (UEA), voltado aos servidores que atuam nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas).

Estão sendo oferecidos pelo CapacitaSuas três cursos – Introdução ao Exercício do Controle Social do Suas; Atualização para Elaboração de Planos de Assistência Social; e Atualização em Vigilância Socioassistencial do Suas. A carga horária é de 40 horas, com uma programação iniciando às 8h e terminando às 17h. Os cursos são ministrados por professores da UEA, instituição de ensino responsável por toda a parte pedagógica da capacitação. As atividades estão concentradas na Unidade I do Centro Universitário do Norte (Uninorte).

Na abertura dos trabalhos, a titular da Seas, Márcia Sahdo, informou que esta é a segunda fase do CapacitaSuas, voltada para 150 pessoas, e que ainda neste ano pretende realizar a terceira fase. “Já realizamos esses cursos nos municípios de Manicoré e Tefé, mas, como não atingimos a meta estabelecida, resolvemos fazer dois momentos em Manaus: este, destinado a 150 pessoas, e, em dezembro, faremos outra ação envolvendo o município de Manaus para fecharmos o ano”.

Conforme Márcia Sahdo, neste treinamento está sendo dada ênfase para quem está atuando no controle social, a instância máxima da deliberação de assistência. “São pessoas militantes da sociedade civil que estão ali para contribuir com a política de assistência social e precisam ser capacitadas”, mencionou a secretária, ressaltando ainda a importância dos cursos de Elaboração de Planos de Assistência Social e Vigilância Socioassistencial.

“É uma satisfação chegar em novembro e conseguir atingir a nossa meta de participantes, que será completada em dezembro, tudo isso visando aprimorar a assistência social no estado”, sintetizou.

Momento ímpar – Na opinião da Assistente Social de Tonantins, Silvana Costa, a ação do CapacitaSuas é uma excelente oportunidade para crescer, apreender cada vez mais e aplicar todo o conhecimento no município. Segundo a gestora, quem ganha com isso são os usuários, porque com a capacitação é possível aprimorar e melhorar o serviço dentro do município.

“Somos um município distante, logo quando temos uma oportunidade dessas a gente jamais pode deixar de participar por se tratar de momentos únicos para a gente se aprimorar, agregar conhecimentos, melhorar os serviços e fazer com que a gestão possa mostrar o seu trabalho”, sintetizou.

De acordo com Silvana Costa, Tonantins enfrenta uma série de dificuldades pela ausência de Comarca, Defensoria Pública e do Ministério Público. “Isso dificulta nosso trabalho”, completou.

A secretária-executiva da Assistência Social de Itapiranga, Cristiana Freire, também garantiu ser a capacitação importante, principalmente para o aprimoramento e a efetivação da política de assistência nos municípios. “A gente tem uma deficiência com relação a capacitação, mas ultimamente a Seas tem estado presente, com suas ações, e isso é importante, porque quanto mais buscarmos conhecimentos para implementar a assistência social dentro do município, mais pessoas serão alcançadas na ponta”, disse.

Cristiana Freire informou ainda que o município está numa luta grande na questão da estruturação dos equipamentos, além do aluguel de prédios para atender a população. “Temos sentido impacto na questão do cofinanciamento com o atraso do Governo Federal, o que tem impactado significativamente no nosso orçamento. Em 2019 recebemos apenas 43% do que estava previsto, o que prejudica as ações”, frisou.

A diretora do DGSuas, Paula Siqueira, informou que enquanto os cursos de Vigilância Socioassistencial do Suas e Atualização para Elaboração de Planos de Assistência Social são direcionados especificamente para os servidores que atuam nos Cras e Creas, o curso de Introdução ao Exercício do Controle Social do Suas pode ser feito por qualquer pessoa que queira contribuir para a melhoria do Suas. “Principalmente aquele cidadão que opera no controle social e tem vontade de atuar como conselheiro, por exemplo”.

A diretora disse também que sempre que o DGSuas realiza ações como essas. A expectativa, segundo ela, é que política de assistência social seja compreendida por todas as pessoas envolvidas, sejam elas, técnicos, gestores ou usuários.

FOTOS: Jander Souza

Comentários
Loading...