Secretaria de Educação reúne profissionais da rede pública para discutir Plano de Educação do Amazonas

O encontro encerrará na sexta-feira (29/11), no auditório do Cepan

O auditório do Centro de Formação Profissional Padre José Anchieta (Cepan) receberá, até sexta-feira (29/11), o Encontro de Formação das Equipes Técnicas e Comissões Coordenadoras de Monitoramento e Avaliação dos Planos de Educação do Amazonas. A iniciativa, uma parceria da Secretaria de Estado de Educação e Desporto com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação do Amazonas (Undime-AM), tem como objetivo realizar a formação das equipes técnicas e comissões coordenadoras para os procedimentos de monitoramento e avaliação dos planos de Educação do Estado, referentes ao segundo ciclo de avaliação 2018/2019.

O evento acontecerá em dois horários, sempre das 9h às 12h e das 14h às 18h. Nesta quarta-feira (27/11), pela parte da manhã, o encontro já contava com a presença de representantes de pelo menos 30 municípios do interior do Amazonas, além de ter sido lançado com a apresentação da banda Falcão Imperial, diretamente de Barcelos.

A iniciativa foi mediada pelo vice-presidente da Undime-AM e secretário de Urucará, professor Agildo Castro. Durante a abertura, ele reforçou a importância do diálogo promovido pelo encontro. “É uma reunião de extrema relevância, uma vez que vamos tratar do Plano Municipal de Educação e seus monitoramentos e equipes técnicas. Realmente, há uma necessidade de incitar essa discussão, pois as metas de cada município são semelhantes e estão alinhadas”, completou o vice-presidente da Undime-AM.

Avaliação – Com o evento, Agildo acredita que será possível fazer uma avaliação acerca do que foi ou não alcançado pelos municípios e, a partir daí, encontrar caminhos para efetivar as metas pré-estipuladas pelos planos Municipal e Nacional de Educação.

“É bastante válida a troca de experiências que acontece em encontros como este. A gente consegue ver o que deu certo em município ‘a’ e levar para [município] ‘b’, por exemplo. Às vezes, as soluções que buscamos partem de uma simples conversa com o colega que está à frente da pasta de Educação de outra cidade. Ganhamos muito quando paramos para discutir sobre a educação no Amazonas”, concluiu o vice-presidente da Undime-AM.

Educação de qualidade – Pedagogo de Santa Isabel do Rio Negro, a 630 km de Manaus, Steven Nogueira defende que os municípios devem ter como foco principal seus alunos e uma educação de qualidade. “Cada cidade possui o seu Plano Municipal de Educação e suas metas, temos que nos atentar a isso: a cumpri-las. Ainda sou novo, então, espero absorver o máximo de experiência que conseguir, aqui, e levá-la para Santa Isabel do Rio Negro”, finalizou.

Programação – Nesta terça, o Encontro de Formação das Equipes Técnicas e Comissões Coordenadoras de Monitoramento e Avaliação dos Planos de Educação do Amazonas iniciou a sua programação com uma palestra sobre “Instâncias de Monitoramento – Fórum Estadual de Educação e União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime)”. Em seguida, o público no Cepan conferiu algumas orientações para o trabalho com os instrumentos de monitoramento e avaliação dos Planos de Educação.

Na parte da tarde, finalizando as atividades do primeiro dia de evento, acontecerá uma apresentação sobre o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

FOTO: EDUARDO CAVALCANTE

Comentários
Loading...