Servidoras do Tribunal de Contas do Amazonas avaliam tratamento de resíduos sólidos em Parintins
Foto: Aroldo Bruce

Com objetivo de impulsionar a política de controle em auditoria operacional e ambiental acerca dos resíduos sólidos, duas servidoras do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) chegaram nesta quinta-feira, 19, a cidade de Parintins. A visita é desenvolvida através de uma cooperação técnica com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

As servidoras foram recebidas na sala de reunião da prefeitura pelo subsecretário de obras Lázaro Ferreira e representante da secretaria de meio ambiente. De acordo com Lanny Mayre Reis, será feita uma avaliação sobre o tratamento de resíduo sólido tanto urbano quanto os resíduos de saúde. As servidoras irão visitar os bairros, hospitais e a área do aterro controlado. “A proposta é encontrar solução junto ao governo do estado e federal para a destinação de resíduos que é um problema nacional”, destacou.

As servidoras foram informadas, pela equipe da prefeitura, sobre a viagem do prefeito Bi Garcia as regiões sul e sudeste para conhecer sistemas de tratamento de resíduos sólidos. Para o subsecretário de obras Lázaro Ferreira, a visita das servidoras é importante porque qualifica muito mais o trabalho que a prefeitura desenvolve na coleta e armazenamento adequado do lixo. “Essa vista nos orientam de como prosseguir com o trabalho que é feito em Parintins”, comentou.

O trabalho de coleta de lixo em Parintins é feito diariamente e o procedimento no aterro controlado segue de forma adequada. Uma empresa terceirizada é quem faz o trabalho de coleta de lixo domiciliar. Lázaro Ferreira, diz que mesmo com o período chuvoso o trabalho no aterro controlado acontece de forma intensa. As servidoras do TCE-AM no primeiro contato com a equipe da prefeitura ficaram satisfeitas em conhecer o esforço que a administração publica faz com o serviço de coleta e tratamento de lixo.

Deixe um comentário