Parintins Notícias
O Site de Notícias de Parintins

- Publicidade -

Sinésio Campos continua pré-candidato do PT à Prefeitura de Manaus e prega diálogo com partidos

O deputado estadual Sinésio Campos (PT), continua como pré-candidato do Partido dos Trabalhadores, a prefeito de Manaus, nas eleições municipais de 2020. A Executiva Nacional do Partido decidiu, na reunião, realizada nesta segunda-feira (8), adiar o julgamento do recurso impetrado pelo grupo que apoia o deputado José Ricardo Wendling, derrotado nas prévias do Diretório Municipal, para a próxima segunda-feira (15). Portanto Sinésio Campos segue como pré-candidato à Prefeitura de Manaus.

Sinésio Campos foi vitorioso nas prévias (eleição interna) do Diretório Municipal do PT em Manaus na escolha democrática do pré-candidato da sigla para a disputa nas eleições municipais de 2020. Na reunião interna do Diretório Municipal do partido, realizada no dia 27 de maio, Sinésio Campos venceu, no segundo turno, com 25 votos, contra 2 do deputado federal José Ricardo Wendling e 19 abstenções de aliados de Wendling que se retiraram do processo.

O deputado Sinésio Campos destacou o processo democrático de escolha do candidato pelo PT e afirmou que independente de quem fosse escolhido dedicaria respeito e apoio ao nome. “Da mesma forma, espero o apoio e respaldo político-partidário para seguirmos em unidade na campanha eleitoral. Campanha cujas propostas serão construídas por meio do diálogo com partidos aliados como o PSDB, PDT, PSOL, entre outros que se disponham ao diálogo. Entendo que ninguém vence uma eleição ou governa sozinho, por isso o PT precisa dialogar com os partidos para construir propostas de governo”.

O candidato também reconhece que a vitória foi fruto do apoio de aliados como o vereador Cícero Custódio (Sassá da Construção Civil), que também disputou a prévia, do presidente do Diretório Municipal, Waldemir Santana e militantes que acreditam na candidatura de Sinésio Campos. “Agradecemos o apoio ao nosso nome e garantia para que o processo de escolha fosse conduzido de forma democrática e com justeza. Por isso ressalto a forma democrática em que prevaleceu o bom senso e a decisão da maioria dos membros. Agora somos o número 13 na legenda eleitoral e é hora de unidade partidária e união para que possamos estar fortalecidos na campanha, não só para Prefeitura, mas para eleger uma boa base de vereadores. Defendemos uma gestão popular e participativa”.

Sinésio Campos afirmou ainda que o reconhecimento de todos aqueles que apoiaram ou votaram para a candidatura traz a certeza de que realizar um trabalho, que busca contribuir efetivamente para a melhoria da vida de todos os cidadãos, é o caminho certo. “E, é exatamente o que queremos continuar fazendo nesta nova fase de lutas em prol da população. Meu foco, enquanto candidato à Prefeitura, é de construir projetos que possam gerar emprego e renda para nossa população, além de procurar garantir melhor qualidade de vida para todos. “E, para que tudo isso seja possível, companheiros, convido todos a participarem comigo dessa jornada, em que cada pessoa que vive nesta terra, terá vez e voz para que possamos realizar o melhor trabalho”.

O deputado lembrou que já disputou três prévias no PT, para cargos majoritários, e que sempre acatou as decisões partidárias. “Agora chegou a nossa vez. E, no momento certo. Quando me sinto preparado e com a idade certa para disputar e, caso seja aceito pala população, para administrar Manaus. É gratificante ter sido escolhido para representar o povo de Manaus como candidato às eleições municipais de 2020. Principalmente neste momento em que nossa cidade necessita de novas ações administrativas para torná-la um local melhor de se viver e de uma gestão participativa e popular”, afirmou.

Entre as proposta de administração, estabelecidas em 13 pontos básicos, estão a descentralização da administração com a implantação de subprefeituras nas zonas urbanas; melhoria da mobilidade urbana, sobretudo no que tange ao transporte coletivo; regularização fundiária de terras e imóveis na cidade; mais atenção aos sistemas de educação e saúde, que serão prioridades; incentivo à geração de emprego e renda à população, principalmente aos jovens; gás de cozinha social, para reduzir o preço do produto às famílias carentes; incentivar e trabalhar pela facilitação (desburocratizar) de linhas de créditos às micro e pequenas empresas; e, investimento na capacitação profissional. “Entendemos que não há programa ou projeto que traga o desenvolvimento a Manaus e ao Estado se não houver reais ações para melhorar as condições de vida da sociedade. Falo de ocupação, emprego e renda. Antes de cobrar responsabilidades à juventude é preciso gerar oportunidades. Mas sei que concretizar estas propostas não é algo fácil. Mas, são um compromisso, não somente de campanha, mas de um cidadão que também vive (mora) em um bairro da periferia de Manaus”, compromete-se.

Histórico de Prévias

O deputado Sinésio tem um histórico de enfrentamento de indicações do diretório nacional para o estadual do PT Amazonas. Em 2010, por exemplo, a cúpula nacional obrigou o PT-AM apoiar a candidatura do Alfredo Nascimento para o governo do estado, que perdeu para Omar Aziz. Em 2014, a nacional também interveio no Estado para que o partido apoiasse Eduardo Braga a governador. Braga perdeu para o José Melo. Em 2018, o partido preteriu o ex-deputado Francisco Praciano para apoiar Vanessa Grazziotin ao Senado, que também perdeu.

Comentários
Carregando...