Informações e Notícias de Parintins

Sinésio Campos participa de seminário sobre saneamento básico

O Presidente da Comissão de Geodiversidade, Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado estadual Sinésio Campos (PT), participou nesta quarta-feira (21), do Seminário de Universalização do Saneamento ‘Desafios e Oportunidades’, no auditório da Águas de Manaus.

O evento reuniu personalidades que debateram quais os desafios do Saneamento Básico na Capital Amazonense como conjunto de medidas que impactam diretamente na prevenção de doenças, na promoção de saúde e na qualidade de vida da população.

O deputado Sinésio que teve participação no Seminário explicou que mais de 30% dos problemas de saúde pública no Amazonas estão relacionados com a água que a população consome. O deputado disse que os dados constam no relatório do Saneamento com mais de 800 páginas que foi compilado pelos órgãos que compõe GT- Grupo de Trabalho instituído na Aleam, que pauta sobre Saneamento Básico.

Além de os dados terem sido coletados por órgãos que atuam com essas informações no Estado, as informações também tiveram origem nas Audiências Públicas realizadas pela Comissão de saneamento que o parlamentar preside na capital e no interior.

“Mais uma vez estamos dando nossa contribuição para sociedade participando desse importante Seminário que pauta sobre um assunto que estamos constantemente debatendo que é a precariedade do Saneamento Básico principalmente nos nossos municípios como no caso de Parintins onde a população está tomando água contaminada”, falou Sinésio.

O parlamentar também convidou a todos e entregou em mãos o convite ao Prefeito Arthur Virgílio Neto presente no evento para participar do Seminário que será realizado pela sua Comissão que versará sobre a Definição e Implementação da Política do Saneamento Básico do Estado do Amazonas, no dia 14 de novembro às 9h no auditório João Bosco da Assembleia Legislativa.

“Saneamento Básico é algo que não está na nossa vista, esta embaixo da terra e diante disse os governantes não dão a devida importância. O documento elaborado pelo GT do Saneamento e a realização de debates como este, contribuem e buscam modos que possam melhorar a saúde do caboclo do interior e de todo cidadão Manauara visto que sabemos que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), A cada 1 real investido em saneamento básico, economiza R$ 4 reais em gastos com o sistema de saúde pública”, finalizou Sinésio.

Texto: Assessoria do Deputado

Comentários
você pode gostar também