Tião Teixeira evidencia sequência de problemas no porto de Parintins

A interdição da operação de embarque e desembarque, tanto de passageiros, quanto de cargas, no porto de Parintins, foi o principal tema tratado pelo vereador Tião Teixeira (PTB), em pronunciamento, na sessão desta terça-feira, 19. O parlamentar ficou preocupado quanto ao prazo estimado de um mês para ser resolvido, em definitivo, os danos nos olhais de amarração dos módulos flutuantes.

Tião Teixeira enfatizou que o prefeito de Parintins, em Exercício, Tony Medeiros, solicitou celeridade na solução do problema, em menor tempo possível, em reunião com o coordenador geral da Administração das Hidrovias da Amazônia Ocidental (Ahimoc), Luciano Moreira de Souza Filho, na segunda-feira, 18. O parlamentar responde como presidente da Casa Legislativa, em Exercício, e estava acompanhado pelo vereador Bertoldo Pontes.

O vereador declarou que a economia do município é penalizada, por causa de problemas previsíveis, em consequência de erros de engenharia no porto, de competência do Governo Federal, o qual tem sido objeto de reformas, desde a inauguração, em 2006. Tião Teixeira também alertou sobre a situação agravante do muro, em frente ao prédio administrativo, por conta dos riscos de desabamento.

De acordo com o parlamentar, a Defesa Civil de Parintins atua no acompanhamento da área de risco e pode atuar na interdição. O vereador comunicou que dois engenheiros do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), especialistas em geotecnia, avaliam a estrutura do porto de Parintins, com ênfase na parte do muro e do prédio administrativo, para emitir laudo técnico.

Tião Teixeira evidencia sequência de problemas no porto de Parintins Tião Teixeira evidencia sequência de problemas no porto de Parintins Tião Teixeira evidencia sequência de problemas no porto de Parintins

Assessoria
Fotos: Gerlean Brasil

Comentários
Loading...