Trajetória do artista plástico Jandr Reis é tema de documentário que será exibido neste sábado (13/02)

Curta-metragem será exibido em rede social da Secretaria de Cultura e Economia Criativa

A trajetória do artista plástico Jandr Reis é o tema do próximo documentário do projeto do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o “Cine Sem Sair de Casa”, que será exibido no Facebook (@culturadoam), neste sábado (13/02), às 19h.

O curta-metragem “Jandr Reis – Abstração da Flora Amazônica” discorre sobre os trabalhos do artista, suas experiências técnicas e temáticas abstratas sob influência da visualidade da vegetação selvagem amazônica.

O documentário também aborda a trajetória de Jandr, desde sua saída do município de Óbidos, no Pará, até a chegada em Manaus, o encontro com o artista plástico Jair Jacqmont, entre outros destaques.

Todos os documentários exibidos no “Cine Sem Sair de Casa” têm roteiro e direção assinados pelo artista plástico Sérgio Vieira Cardoso, com o objetivo de registrar a memória das artes no Amazonas.

Nesta temporada, que teve início no dia 30 de janeiro, já foram exibidos os documentários “Edney Azancoth – Memórias de Actor Amazonense” e “Ventríloquo Oscarino e seu boneco Peteleco” . Ainda serão exibidas as obras: “O Inesquecível Mário Jorge Bittencourt” e “Pepeta – Coração de Campeão”.

‘Cine Sem Sair de Casa’ – Em 2020 foram exibidos, ao todo, 19 filmes no Facebook da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (@culturadoam), que juntos acumulam mais 11 mil visualizações. Entre os destaques estão documentários sobre os artistas Óscar Ramos, Roberto Evangelista, Joaquim Marinho, Jair Jacqmont, Hahnemann Bacelar, personalidades do esporte como Carlos Zamith, e lendas do teatro amazonense como Luiz Vitalli e Selma Bustamante.

Os filmes também estão disponíveis no Portal da Cultura (bit.ly/cinedecasaportal). Já a lista de reprodução no Facebook pode ser conferida no endereço bit.ly/cinedecasaface.

‘Cultura Sem Sair de Casa’ – Iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, o “Cultura Sem Sair de Casa” disponibiliza diversas atividades, tais como Gincana do Livro; documentários; cursos completos de Teclado, Violão, Desenho e até espetáculos direto do palco do Teatro Amazonas.

São oferecidas aulas virtuais por meio do projeto “Praticarte”, com professores do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro; performances dos Corpos Artísticos; além de exposições, visitas virtuais e muito mais.

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa está no YouTube, Instagram, Facebook e Twitter (@culturadoam) e no aplicativo Cultura.AM.

FOTO: Divulgação