Ufam Parintins desenvolve projeto lúdico-pedagógico de incentivo da leitura para crianças
Foto: Marcondes Maciel

No projeto “Sabor de Leitura no Parque” na Cidade da Criança Pichita Cohen estudantes de pedagogia utilizam metodologia lúdica para disseminar conhecimento entre as crianças por meio da leitura.

Despertar o interesse das crianças e adolescentes para a prática da leitura por meio de metodologia lúdica, com apresentação de peças teatrais que narram contos, lendas, fábulas, além de oficinas de textos jornalísticos e leitura de fruição é o objetivo dos alunos e professores do curso de pedagogia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), campus de Parintins, para trabalhar o projeto de extensão pedagógico “Sabor de Leitura no Parque”.

A iniciativa teve sua primeira edição no sábado, 5 de maio, no parque infantil Cidade da Criança “Pichita Cohen”, sob a coordenação da professora Maria das Graças Pereira Soares. De acordo com a pedagoga, o objetivo do projeto é desenvolver práticas de leitura às crianças e adolescentes em ambientes não formais, como é caso do parque Pichita Cohen.

“Esse é um espaço que recebe muitas crianças de várias idades e nós percebemos a necessidade de atividades culturais para as crianças. Então, pensando nas crianças, no desenvolvimento, na aprendizagem, no estímulo à leitura, nós adotamos esse espeço para desenvolver práticas de leitura para as crianças que frequentam o parque”, disse a professora.

Na formatação do projeto, as alunas e alunos representam no palco da Cidade da Criança peças teatrais, entre as quais as narrações de Monteiro Lobato com o Sítio do Pica-Pau Amarelo. Fazem parte do projeto 20 universitários do 2º e 6º períodos de Pedagogia e será desenvolvido todos os sábados, de 16h às 18h, no parque infantil municipal.

“Nós podemos perceber no primeiro dia um grande interesse das crianças pela leitura. Elas, automaticamente foram buscar os livros que estavam dispostos para a leitura, de forma espontânea, prazerosa”, pontuou a professora Maria das Graças.

Para a estudante do 4º período de Pedagogia, Sandreise Gomes, que em uma das teatralizações interpretou a boneca Emília do Sítio do Pica-Pau Amarelo, a satisfação em poder estimular o interesse à leitura nas crianças é recompensada com a reação positiva do público infantil.

“Eu fiquei muito feliz em poder apresentar uma peça para as crianças e poder incentivar o sabor da leitura. Sabemos que a leitura é muito importante na nossa vida e poder estimular essa prática nas crianças é muito importante e gratificante”, disse Sandreise.

Fonte: Marcondes Maciel | Repórter Parintins

Deixe um comentário