Informações e Notícias de Parintins

Vereador Renei cobra que Amazonas Energia resolva problema de energia elétrica no Mocambo e critica postura da gerência local

Mais uma vez, na Casa Legislativa, o vereador Renei Mocambo (PR) cobrou resposta da empresa Amazonas Energia para solução do problema de energia elétrica na região do Mocambo. O parlamentar comentou que semana passada, na terça-feira (20), a gerência da empresa compareceu na Câmara de Parintins.

No gabinete da Presidência, houve uma conversa com alguns parlamentares. Renei agradeceu alguns esclarecimentos, mas, ao mesmo tempo, enfatizou que “a Amazonas Energia tem que levar mais a sério essa questão”.

Após muitas indagações na Tribuna sobre de quem era a limpeza dos ramais onde passam as fiações da energia, a administração local da empresa respondeu, durante a ocasião, que é a própria Amazonas Energia quem deve contratar para a execução do serviço.

“Na nossa região já vai completar 10 anos que foram desativados grupos geradores e instalada estrutura na nossa vizinha cidade do Caburi para distribuição de energia. Durante todo esse período, nós não recebemos nenhuma diária paga pela empresa Amazonas Energia para fazer essa limpeza. Quando precisa fazer a manutenção das redes são os próprios comunitários que fazem a famosa colaboração para pagar o aluguel das máquinas”, argumentou.

“São os nossos produtores rurais, que não estão podendo nem pagar mais as suas faturas de energia. São pessoas que tem quatro bicos de lâmpadas, uma geladeira, uma televisão e um ventilador e recebe uma fatura, no final do mês, de 280 a 350 reais”, completou. Com isso, o parlamentar criticou novamente sobre o alto valor cobrado nas contas de energia elétrica na zona rural, bem como a postura da gerência local quanto às reivindicações na Tribuna.

“Disse aqui no Gabinete da Câmara que para falar sobre a empresa Amazonas Energia tem que ligar para ela e ela quem vai dizer o que que o vereador tem que falar. Eu não vou pedir licença de nenhuma gerente para o que eu tenho e devo falar aqui nesta Tribuna. Aqui não funciona desta forma. O que se apresenta na Câmara é o que o povo nos passa. Eu vou apresentar as reivindicações do que o povo fala, porque foi o povo que me colocou aqui, não foi gerente de nenhuma empresa privada do Estado do Amazonas”, finalizou.

Texto: Assessoria Parlamentar / Foto: Simone Brandão

Comentários
você pode gostar também