Wilson Lima inspeciona obras do Prosamim no bairro Presidente Vargas e anuncia entrega para março de 2020

governador do Amazonas, Wilson Lima

Neste sábado (30/11), o governador do Amazonas, Wilson Lima, visitou obras do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) nas zonas oeste e sul da capital, que vão garantir mais dignidade, mobilidade e lazer para as famílias da região. As obras inspecionadas estão em andamento nos bairros Presidente Vargas (rua Walter Rayol, Ligação Viária Luiz Antony/LLA e Parque Castelhana) e Centro (Parque Bittencourt). As ações fazem parte do pacote de retomada e continuidade de obras em todo o estado, conforme determinação do governador.

A vistoria iniciou na rua Walter Rayol, popularmente conhecida como Bariri, que sofria há décadas com alagações devido à subida das águas da Bacia do São Raimundo. A revitalização desse espaço inclui recomposição de vias e criação de áreas de lazer e convívio social, como praças, áreas arborizadas e academia ao ar livre.

Em seguida, o governador inspecionou as obras do Parque Castelhana e da Ligação Viária Luiz Antony (LLA), que permitirá a conexão entre os bairros da zona oeste, como São Raimundo e Santo Antônio, ao Centro da cidade, por meio da rua Luiz Antony, no bairro da Aparecida.

“Estivemos aqui no mês de abril e tínhamos um problema ainda para resolver com relação à desapropriação de uma estrutura que atrapalhava a continuidade dessas obras. Isso já foi resolvido, inclusive com apoio da justiça, e hoje estamos retornando aqui para fazer uma vistoria nesse complexo que é a Bacia do São Raimundo”, afirmou o governador.

Na ocasião, Wilson Lima destacou os benefícios das obras para a população local, que passará a contar com calçadas adaptadas e uma ciclovia exclusiva com 1km de extensão. “Conversando com os moradores, temos esse relato de que antes era uma situação bem difícil, bem complicada, e hoje já se começa a ver outra realidade. Ali mais embaixo, no Bariri, estamos fazendo uma infraestrutura que vai respeitar a questão ambiental, fazendo o saneamento. Ali aproximadamente 150 famílias foram indenizadas, a gente está no processo de demolição daquelas casas”.

Segundo o governador, o complexo Walter Rayol e LLA, que tem investimento de R$ 150 milhões do governo estadual, deve ser entregue à população em março de 2020. “Isso daqui é uma prova do compromisso que o Governo do Estado tem com o cidadão, uma prova de que o Governo tem trabalhado sério para melhorar e cuidar da vida das pessoas”, frisou.

Ligação Viária Luiz Antony – Localizada à margem esquerda do Igarapé do São Raimundo, a LLA permitiu a retirada de 376 famílias que viviam sob o risco das inundações. As obras já vinham sendo executadas desde 2017 e aguardavam uma decisão judicial para desapropriação de uma área da fábrica localizada no entorno. Foi na gestão atual que o Governo do Estado conseguiu êxito nessa desapropriação, possibilitando a continuidade das obras.

Segundo o coordenador executivo da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), Marcellus Campêlo, a LLA vai melhorar o tráfego de veículos entre os bairros das zonas oeste e sul, funcionando como uma alternativa para a população chegar mais rápido ao Centro de Manaus.

“Aqui melhora muito (a mobilidade) porque vão ser dois pontos de acesso ligando a Kako Caminha, na Compensa, ao Centro da cidade. Ao invés de subir a Kako Caminha e pegar todo o trânsito da Constantino Nery, você vai cortar aqui por dentro da ligação viária chegando à Luiz Antony no Centro da cidade”, explicou.

A primeira etapa da Ligação Viária Luiz Antony está equipada com orla para caminhada com guarda-corpo, paisagismo, arborização, iluminação de LED, quadra de esportes e duas praças. O projeto compreende, além da ligação viária, o Parque Castelhana, que está sendo construído na etapa final da LLA, ao lado do Terminal 1 na avenida Constantino Nery.

A intervenção no parque também removeu famílias que viviam sobre o igarapé da Castelhana. A obra está recuperando uma área de 9.100,58m² que se encontrava deteriorada pelo lixo, com moradias em condições insalubres, e vai dar lugar a um espaço totalmente revitalizado e equipado com quadras multiuso para prática de esporte, academia ao ar livre, bancos e área verde.

A comerciante Ivete Oliveira, de 60 anos, é uma das beneficiadas com as obras da LLA. “Vai beneficiar muito a gente. Em todos os sentidos. No sentido da melhoria das casas, da gente ter um parque, uma quadra agora, onde nós podemos passear com a nossa família. Isso aí foi muito bom para todos nós. Então, só trouxe coisas boas para todos os moradores. Valeu a pena esperar todo o esforço, porque realmente teve um problema de uma demora, mas isso aí compensou toda a nossa expectativa”, declarou.

Parque Bittencourt é revitalizado – Neste sábado (30/11), Wilson Lima visitou também o Parque Bittencourt, localizado na avenida Sete de Setembro, Centro. Este é o primeiro espaço revitalizado pelo Governo do Estado como parte do pacote de reforma dos sete parques urbanos do Prosamim, anunciado em abril pelo governador.

De acordo com Marcellus Campêlo, da UGPE, o Parque Bittencourt estava totalmente abandonado quando a atual gestão assumiu o governo. “Fizemos tratativas com a Prefeitura de Manaus com o acordo de revitalizarmos o parque e finalmente a Prefeitura recebê-los para cuidar. Começamos as obras depois do meio do ano e esse parque, a partir do dia 9 de dezembro, vai estar à disposição do governador para inauguração”.

Campêlo adianta que a UGPE pretende entregar um parque reformado por mês. Somente o projeto do Parque Bittencourt recebeu investimento de R$ 2 milhões, sendo 70% pagos pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e 30% pelos cofres estaduais. “(Esse parque) teve uma característica, a própria comunidade fez várias solicitações e nós desenvolvemos o projeto conforme a necessidade da comunidade. Antes existiam vários quiosques inativos aqui. Refizemos o projeto e criamos áreas de real utilização da população”, completou Campêlo.

Uma das demandas da população contempladas na recuperação do Parque Bittencourt foi a construção de uma academia ao ar livre, que terá piso emborrachado, aparelhos de barra, paralelas, prancha dupla para abdominal, ponte de escalada e barra para ombros.

Outras melhorias implementadas foram revisão elétrica, pinturas, reforma e construção de bancos, correções de problemas de drenagem, paisagismo e reforma de duas quadras. Uma das quadras foi equipada com gramado sintético para a prática de futebol; a outra, de areia multiuso, foi totalmente reformada e equipada com rede de nylon para a prática de esportes como vôlei, futevôlei e futebol de areia.

FOTOS: Diego Peres/Secom

Comentários
Loading...