Parintins Notícias

Em ação de aprimoramento de infraestrutura em escolas da zona oeste e centro-oeste de Manaus, a Escola Estadual (EE) Rosina Ferreira da Silva inaugurou, nesta sexta-feira (20/06), a estrutura de um novo espaço recreativo em sua unidade de ensino, composto por uma quadra coberta. No total, R$650 mil foram investidos a partir de emenda parlamentar.

Na próxima terça-feira (25/06), a EE Agnello Bittencourt vai inaugurar o seu espaço recreativo, construído também a partir de emenda parlamentar. No total, nas duas unidades de ensino, mais de 1,1 mil estudantes serão beneficiados.

Entre os principais serviços realizados nas escolas, estão as obras na construção do piso korodur, instalação de estrutura metálica, cobertura, montagem de alambrado, cabeamento elétrico, instalação de refletores de LED, quadro de distribuição, disjuntores, pinturas, metálica, epóxi e acrílica.

A entrega, agora, soma o quadro de mais de 460 escolas estaduais revitalizadas em todo o estado nos últimos cinco anos, pela atual gestão do Governo do Amazonas. De acordo com a secretária de Educação, Arlete Mendonça, o trabalho realizado em conjunto é essencial.

“O Governo do Amazonas, por determinação do governador Wilson Lima, está empenhado em realizar o maior número de entregas possíveis de melhoria de estrutura. E nós não fazemos isso sozinhos, temos o apoio da Assembleia Legislativa, por meio dos deputados. É importante ressaltar que temos entregas tanto na capital, quanto no interior”, destacou a secretária de Educação.

As obras foram realizadas a partir de emenda parlamentar do deputado estadual João Luiz (Republicanos-AM).

Melhor estrutura

Aguardado pelos estudantes, o novo espaço recreativo já é sensação. De acordo com a gestora Amanda Araújo, a quadra vai trazer novas possibilidades de ensino e aprendizagem para os alunos, que desde o início deste ano letivo, estudam em tempo integral na instituição.

Além das atividades físicas, outros momentos pedagógicos já estão sendo realizados no espaço.

“Como somos uma escola de tempo integral, a quadra é utilizada para outros fins. Temos a recreação, o tempo de leitura, aulas de xadrez. Também já tivemos aqui uma feira de matemática, então a quadra veio em ótimo momento”, enfatizou a gestora.

E para a aluna Yasmin Ferreira, 11, a ansiedade de utilizar a nova quadra é o sentimento de todos. Antes realizado em espaço descoberto e suscetível às condições climáticas, o espaço recreativo agora traz um novo nível de conforto para os estudantes. Yasmin conta que já vê diferença nas aulas de Educação Física.

“Antes da quadra, a gente estava fazendo alongamentos em sala de aula e outras tarefas. Com a quadra, a gente vai se exercitar mais, nos movimentar, brincar e se divertir”, compartilhou a estudante.