Parintins Notícias

Em uma noite regada a tacacá, beiju e toada, o Boi Caprichoso apresentou à imprensa o projeto de arena “Cultura, O Triunfo do Povo”. O encontro reuniu os profissionais da comunicação na Escola de Artes Irmão Miguel de Pascale e foi conduzido pelo Conselho de Arte com participação do presidente Rossy Amoedo e itens oficiais.

O momento também contou com as ilustres presenças de lideranças indígenas, negras e que lutam pela causa ambiental como o tuxaua David Kopenawa, Vanda Witoto, Ângela Reis (filha de Chico Mendes), Alessandra Munduruku, Sâmela Sateré, Beto Morubo, Djuena Tikuna, Thais Kokama, Nelson Mendes e J. Cunha.

WhatsApp Image 2024 06 27 at 22.16.08

A apresentação do projeto campeão do festival foi feita por um dos grandes estudiosos da cultura e presidente do conselho de artes, Erick Nakanome. Ele explanou as noites e os pontos principais do espetáculo, embasando cada momento artístico, cênico e coreográfico.

“O Caprichoso conta aquilo que nós cantamos na nossa toada, o triunfo construído pelo povo de Parintins, um orgulho que nós temos falado, a nossa cultura e será apresentado na arena a partir dessas três palavras chaves: raiz, tradição e saberes, que sustentarão a base fundamental do nosso projeto”, destacou Nakanome.

WhatsApp Image 2024 06 27 at 22.16.07

O presidente do Caprichoso, Rossy Amoedo, se mostrou confiante com o projeto e com todo o trabalho executado pelos artistas azulados. “Tem muito trabalho, tem muito sentimento envolvido, muita produção, muita dedicação. O caprichoso esse ano está melhor do que os últimos dois anos. De uma certa forma, isso nos dá segurança, credencia a gente, sim, e potencializa a nossa galera, potencializa nossos artistas. O clima no boi é um clima muito intenso de muita união”, disse Rossy.

WhatsApp Image 2024 06 27 at 22.16.14

Cultura – O Triunfo do Povo

O macro projeto “Cultura – O Triunfo do Povo” será apresentado em três espetáculos. Na sexta-feira (28 de junho) , “Raízes: o entrelaçar de gentes e lutas” abre as apresentações. “O Caprichoso, proclama o triunfo do povo com foco nas nossas culturas: culturas plantadas, nascidas e sustentadas no meio da Amazônia Brasileira, magistralmente triunfal no entrelaçar de negros e negras, indígenas, ribeirinhos e ribeirinhas, mestres e mestras da cultura popular local”.

O segundo ato (29 de junho) tem como tema “Tradições: o flamejar da resistência popular”. Nesta noite “a tradição é o fio condutor da narrativa. O boi vai falar daquilo que cultiva com todo o cuidado: as tradições que dão vida ao Boi Caprichoso. Tradições que não se vestem de pretensões de se manterem estanques, e sim aquelas que são experimentadas, revividas, (res)significadas diariamente no cotidiano do povo, do torcedor, renascendo em cada Festival”.

O Caprichoso fecha o espetáculo com a temática “Saberes: o reflorestar das consciências”. “O Boi Caprichoso torna-se, nesta noite, escoadouro de vozes da ancestralidade em diversas expressões de saberes. Saberes milenares. Nascidos em aldeias. Protegidos por mocambos. Navegantes em canoas, rabetas e barcos, por nossos ribeirinhos e ribeirinhas. De gente minorizada que semeou conhecimentos e, em metáfora popular, louva em procissões, reflorestando consciências. Reflorestar aprendido na necessidade de manter de pé o verde!”.

A revista oficial do bumbá pode ser acessada on line pelo link: https://we.tl/t-mrvYGGNoyy

Para a concepção, desenvolvimento e execução do projeto de arena 2024: “Cultura – O Triunfo do Povo”, o Boi Bumbá Caprichoso recebeu patrocínio de parceiros públicos e privados. São eles: Governo Federal, Ministério da Cultura, Ministério do Turismo, Governo do Estado do Amazonas, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Coca-Cola Brasil, Ambev – Brahma, Azul Linhas Aéreas, Bradesco, Petrobras, Tectoy, Eneva, Pixbet, O Boticário, Samel Planos de Saúde, Assaí Atacadista, Vivo, Bemol Lojas, Correios, Sherwin-Williams, InfoStore, Agência oficial: Maná Produções, Emissora Oficial: TV A Crítica e Apoio institucional da Prefeitura Municipal de Parintins e Amazonastur.