Parintins Notícias
Notícias de Parintins

‘Campanha de Vacinação contra Poliomielite e de Multivacinação’ encerra na sexta-feira, 30/9

A Prefeitura de Manaus alerta que a “Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação” deve ser encerrada na sexta-feira, 30/9, de acordo com o Ministério da Saúde. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) lembra que a campanha objetiva intensificar a imunização de crianças e adolescentes de até 14 anos, diante da baixa cobertura vacinal registrada em todo o país.

Dados da Gerência de Imunização da Semsa apontam que foram aplicadas 70.910 doses contra a poliomielite em crianças de 1 ano a menores de 4 anos de idade, que fazem parte do público-alvo da mobilização, até a última sexta-feira, 23/9. A meta da cobertura, que atualmente encontra-se em 50,24%, é alcançar 95% do total de 141.140 crianças nessa faixa etária.

“A baixa adesão dos pais e responsáveis na vacinação contra a poliomielite nos preocupa muito, visto que o vírus, mesmo erradicado do país, está circulando em outras partes do mundo, e a qualquer momento pode, sim, ser trazido para cá. Esse vírus é o causador da paralisia infantil, que pode deixar sequelas graves por toda a vida, e a única forma de proteção é com esquema vacinal completo”, informa a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe.

A secretária explica que a imunização contra a poliomielite deve ser feita antes de a criança completar 1 ano de idade, com a primeira dose aos 2 meses, a segunda aos 4 meses e a terceira aos 6 meses. Além desse público, a campanha visa alcançar as crianças com esquema vacinal incompleto ou que podem receber as duas doses de reforço, feitas com a vacina oral (gotinha).

“Nós iniciamos a campanha no dia 8 de agosto e, inicialmente, iria durar um mês, mas ela foi prorrogada por conta do baixo envolvimento da população. Convido a população a levar seus filhos até nossas salas de vacina e aproveitar essa oportunidade, para garantir o crescimento e desenvolvimento saudável das nossas crianças”, acrescenta.

Já a multivacinação, de acordo com Shádia, busca ampliar a cobertura vacinal de todos os 18 imunizantes do calendário básico de crianças e adolescentes. O Ministério da Saúde não estipula meta para esse indicador.

Na sala de vacina, os usuários precisam apresentar documento oficial de identificação e a caderneta da criança. A lista completa com endereços e horários, sendo que parte deles opera à noite e aos sábados, pode ser conferida no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) ou diretamente no link bit.ly/salasdevacinamanaus.

— — —

Texto – Victor Cruz / Semsa

Foto – Divulgação / Semsa

-publicidade-