Parintins Notícias

O Governo do Amazonas, por meio do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), vai abrir, nesta quinta-feira (25/01), as inscrições para cursos técnicos e especializações na capital e no interior do estado. Ao todo, serão 3.500 vagas disponibilizadas, sendo 1.145 para a capital e 2.355 para o interior do estado.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas, entre os dias 25 de janeiro e 5 de fevereiro, por meio do site da Comissão Permanente de Concursos (Copec): www.concursoscopec.com.br. Para participar, os candidatos devem ter concluído o ensino médio e ter 18 anos completos no ato da matrícula.

Ao todo, 52 municípios serão contemplados nessa primeira oferta do ano de 2024. O processo seletivo será realizado por meio de análise do histórico escolar do ensino médio, com base nas notas de Língua Portuguesa e Matemática.

Novidades no edital

O Cetam vai ofertar o curso de Automação Industrial, voltado para atendimento da Indústria 4.0 do Polo Industrial da Manaus (PIM). E, ainda na capital, a Escola de Educação Profissional Galileia terá pela primeira vez a oferta do curso Técnico em Enfermagem, uma demanda que veio da comunidade.

Para o setor primário, a autarquia irá ofertar cursos para comunidades localizadas em municípios do interior, como o distrito de Santo Antônio do Matupi, em Manicoré (a 390 quilômetros de Manais), que irá receber o curso Técnico em Agropecuária.

Outra novidade para o interior do estado é a oferta, inédita, do curso Técnico em Hemoterapia no município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), que teve a instalação recente de um Hemonúcleo na cidade. Assim como o curso de soldador direcionado para os moradores do município de Iranduba (a 28 quilômetros de Manaus), onde há o Estaleiro Juruá, que fabrica embarcações de grande porte no estado.

“O Cetam está inovando ao procurar as comunidades sabendo do que elas necessitam para que possamos fazer os cursos. Esse é o caso do município de Iranduba, onde fizemos uma parceria com o Estaleiro Juruá para se fazer o curso de soldador e, ao término dele, as pessoas possam estar empregadas. A outra novidade é o curso da tecnologia 4.0 para auxiliar o PIM”, disse o diretor-presidente do Cetam, Fábio Henrique dos Santos.

Qualificação

Os cursos do Cetam criam oportunidade para muitas pessoas no mercado e trabalho. O aluno Ian Kevin de Sousa, 29, faz o curso técnico em eletrônica no Instituto Benjamin Constant (IBC/Cetam), desde o ano passado. Ele já atua no ramo e conta que a capacitação está aprimorando os seus conhecimentos na área.

“Desde o início do curso eu tenho adquirido bastante conhecimento, principalmente, pelo fato que quando cheguei aqui o meu conhecimento era quase zero, então nesse tempo eu já fui aprimorando. Hoje em dia eu já consigo fazer um reparo em uma placa; fazer o reconhecimento de um componente; identificar um problema em uma placa. Isso tem contribuído muito para a minha carreira”.

Técnico em Enfermagem Indígena

Além dos cursos técnicos regulares, o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) também oferece um curso técnico de nível médio em Enfermagem para indígenas em Manaus.

No dia 12 de dezembro de 2023, o Cetam e a Fundação Estadual dos Povos Indígenas do Amazonas (Fepiam) assinaram um termo de cooperação técnica para qualificar indígenas e fomentar a inclusão social por meio da oferta de cursos estratégicos de qualificação profissional.

Para se inscrever no curso técnico, os candidatos devem possuir o Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (Raní) ou Autodeclaração Étnico-Racial assinada pela Liderança Indígena da comunidade a qual pertence. Também devem ter concluído o ensino médio e ter 18 anos completos no ato da matrícula.