Parintins Notícias

A Defesa Civil do Amazonas lançou, nesta segunda-feira (02/10), o aplicativo Cota Rio, ferramenta voltada para o monitoramento contínuo da profundidade dos rios. O aplicativo tem como objetivo o registro de cotas, que são informações relacionadas aos níveis de água dos rios de forma eficiente e prática. O Cota Rio pode operar de modo off-line, o que significa que os registros podem ser realizados em qualquer ponto, mesmo em locais sem acesso à internet.

“Este aplicativo possibilitará o registro de dados sobre os níveis dos rios em tempo real em toda a extensão das calhas fluviais do Amazonas, o que representa um avanço significativo na nossa capacidade de monitoramento. Contaremos com informações em tempo real, graças à colaboração com o Sindflu, o Sindarp e todos os órgãos ligados à navegação no nosso estado” detalhou o secretário de Defesa Civil, coronel Máximo. 

Uma das principais funcionalidades do aplicativo é a capacidade de coletar dados de cotas através de equipamentos específicos instalados em barcos. Esses equipamentos são capazes de medir a profundidade dos rios, fornecendo informações precisas sobre os níveis de água. Esses dados são inseridos no aplicativo e, a partir deles, é gerado um gráfico que indica visualmente a localização exata da cota. Isso possibilita uma estimativa rápida sobre o alcance de níveis máximos ou mínimos e inclusive indica as comunidades afetadas pela estiagem. 

Além disso, o aplicativo permite que o usuário visualize a previsão do tempo para o município em que está localizado. Isso é essencial para compreender melhor as condições climáticas e as possíveis mudanças nos níveis dos rios. 

Os usuários também podem receber alertas emitidos pela equipe da Defesa Civil Estadual. Esses alertas são cruciais para manter a população informada sobre eventos meteorológicos severos ou outras situações de risco. 

O Cota Rio se destaca como uma solução valiosa para a preparação e resposta a possíveis desastres que ocorrem no estado do Amazonas, principalmente em relação a fenômenos de estiagem e enchentes. Ao fornecer dados em tempo real sobre os níveis dos rios, o aplicativo capacita os aquaviários e as autoridades a tomar medidas preventivas e coordenadas, protegendo as comunidades ribeirinhas e contribuindo para a segurança do Estado.  

As informações coletadas também serão disponibilizadas para a população através do site da Defesa Civil do Amazonas. 

O evento de apresentação do aplicativo contou com a presença do Diretor da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH), Jorge de Almeida Barroso; o Capitão dos Portos, Jorge Antunes; e representantes do setor aquaviário do estado.