Parintins Notícias

As diversas experiências turísticas encontradas no Amazonas foram divulgadas ao público na 7ª edição do Salão Nacional de Turismo, reconhecido como a maior vitrine do setor no País. O evento ocorreu de 15 a 17 de dezembro, em Brasília. Além de levar suas riquezas naturais, culturais e históricas, o estado ganhou destaque na abertura do evento durante discurso do ministro do Turismo, Celso Sabino, ao citar a capital amazonense, Manaus, na lista mundial dos melhores destinos turísticos de 2023.

“O compromisso do nosso governo com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável já mostra resultados. Uma pesquisa feita pela revista Forbes, coloca o Brasil como o melhor destino do mundo para o ecoturismo e o jornal americano New York Times, incluiu Manaus na lista de melhores destinos turísticos, afinal somos o único país do planeta com seis biomas. Gastronomia, florestas, cachoeiras, praias, rios, quilombos, aldeias, história e cultura, respiramos diversidade”, declarou Sabino na cerimônia que abriu o evento, no dia 15 de dezembro. 

Representando o governador Wilson Lima, o presidente da Empresa Estadual do Turismo (Amazonastur), Ian Ribeiro, ressaltou que o estado foi um dos focos principais no salão com as apresentações culturais e gastronômicas. Ele pontuou o encantamento do público com os bois-bumbás de Parintins.

“De fato, o boi Caprichoso e boi Garantido pararam o salão para que as pessoas pudessem se maravilhar com o espetáculo de Parintins. E nós ficamos muito felizes de ver a grande demanda por conhecer e a vontade que as pessoas têm de ver o Amazonas, isso demonstra como o Governo do Amazonas está trabalhando de uma forma correta e no caminho certo para tornar o turismo uma das grandes matrizes econômicas do nosso estado”, disse Ribeiro.

Durante os três dias de feira, quem passou pelo Estádio Nacional Mané Garrincha pôde conferir de perto os principais atrativos do Amazonas em seis grandes eixos que representam o turismo local: Turismo de Natureza, Sol e Praia, Turismo Cultural, Turismo Rural e Turismo de Tendências, além de integrar a lista de macrorregião.

Natureza

O pavilhão da natureza foi tomado pelas belezas amazônicas, com destaque para o ecoturismo, que une natureza, preservação e turismo. Caminhadas pela floresta, passeios de canoa e visita a tribos locais são alguns dos atrativos proporcionados pela prática. Também estão na lista a observação da fauna e flora; a prática da pesca esportiva e a experiência de hospedagem em barcos hotéis. Outro ponto alto é o turismo de aventura, que oferece opções para os entusiastas de esportes radicais como tirolesa, arvorismo, escalada, slackline, rapel, camping, entre outros.

Sol e Praia

No espaço Sol e Praia, o público foi apresentado às opções de hotéis de floresta que permitem conhecer a região com conforto, mas sem deixar de contemplar os rios e a selva amazônica. O segmento de turismo rural, teve como referência as atividades que exploram os atrativos naturais da fazenda Santa Rosa, localizada na rodovia AM-070, quilômetro 12. Existe ainda a vivência em base comunitária, no qual a comunidade local recebe os visitantes com roteiros personalizados.

Cultural

Para contemplar o Turismo Cultural, o Amazonas levou suas raízes indígenas e traços de colonização europeia representadas com manifestações dos povos originários e construções imponentes do período áureo da borracha. É o caso do Teatro Amazonas, um dos mais importantes do Brasil e cartão postal de Manaus. A arquitetura diversificada inclui ainda museus, centros culturais e mercados.

O espaço também foi palco de uma das principais festas culturais do País, o Festival Folclórico de Parintins. Com uma performance cheia de simbolismo regional, os Bois-Bumbás da ilha Tupinambarana foram ovacionados pelo público. No roteiro estão, ainda, mais manifestações artísticas e folclóricas realizadas no estado.

Etnoturismo

No eixo de tendências, a grande estrela foi o etnoturismo, que tem foco nas práticas culturais, tradições, história e estilo de vida locais. Com uma diversidade de comunidades indígenas abertas à visitação, o Amazonas oferece roteiros de momentos de imersão e autoconhecimento por meio de rituais tradicionais.

Todas as sugestões de produtos turísticos apresentadas pela Amazonastur são de empresas e parceiros aptos dentro da cadeia econômica do setor, por meio do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).

Gastronomia

O Amazonas fez parte ainda do espaço gastronômico com direito a aulas-show com chefs convidados pelo Ministério do Turismo preparando comidas típicas regionais. Quem visitou os estandes do estado pode degustar a culinária local e receber acessórios artesanais, mapas e guias impressos com informações sobre o maior estado brasileiro. 

Além dos estandes, a programação do evento contou, ainda, com interações entre os visitantes, palestras com especialistas do segmento turístico, painel de sustentabilidade e ações climáticas e encontros entre órgãos nacionais e membros do setor turismo.

O Salão Nacional do Turismo é uma iniciativa do Ministério do Turismo para apresentar ao público os principais produtos turísticos ofertados em todo o país, sendo reconhecido como um elemento de formação da cultura de viagens no Brasil e foi retomado após 12 anos sem realização.