Parintins Notícias

Por determinação do Governador Wilson Lima, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto priorizou investimentos em tecnologia ao longo de 2023 para fortalecer a educação e a segurança nas escolas. Por meio de diversas iniciativas, foram implementados recursos digitais para tornar o aprendizado mais acessível. Além disso, a introdução de sistemas de segurança contribuiu para a proteção dos alunos e funcionários, promovendo um ambiente escolar mais seguro.

Em abril de 2023, foi inaugurada a sala de monitoramento do Núcleo de Inteligência e Segurança Escolar (Nise). O espaço reúne as equipes técnicas e operacionais da Secretaria de Educação e Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), que atuam no monitoramento e prevenção de ameaças às unidades de ensino.

O Nise é composto por dez profissionais da Secretaria de Educação e SSP-AM, por meio das polícias Civil e Militar. A sala foi implantada na sede da Secretaria de Educação, na zona sul de Manaus com o objetivo de adotar medidas de segurança para inibir ataques e crimes de ameaça, racismo, bullying, ciberbullying, tráfico de entorpecentes e quaisquer ações que se configurem em transgressões no interior das escolas contra estudantes, profissionais da educação ou mesmo contra a estrutura das unidades da rede estadual de ensino

Ensino Presencial com Mediação Tecnológica

Em 2023, o Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), da Secretaria de Educação, realizou ações educacionais para comunidades remotas, incluindo a criação de conteúdos televisivos para recuperação da aprendizagem.

O Ensino Presencial com Mediação Tecnológica impactou 60 municípios, atendendo 26.830 alunos em 2.008 turmas e 805 comunidades. Projetos como Recuperação da Aprendizagem geraram 485 videoaulas e dicas para o Contraturno Digital, 29 episódios, 149 vídeoaulas e dicas para o Conquistar, e mais de 5.182 videoaulas compartilhadas nas Multiplataformas, alcançando mais de 60 mil visualizações e 37.780 inscritos.

Inauguração de mais um Ceti

Neste ano, o Governo do Amazonas inaugurou o 13° Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) da gestão atual. O Ceti Professora Naíde Lins de Albuquerque, que foi entregue à população do município de Fonte Boa (a 678 quilômetros de Manaus), em março de 2023. O investimento do governo para inauguração dos 13 Cetis, nos últimos cinco anos, é superior a R$ 222 milhões e beneficia mais de 11 mil alunos.

Além do Ceti, foram inaugurados, neste ano, Laboratórios de Robótica, os conhecidos Espaços Makers, todos com ambientes multi-instrucionais, que atendem aproximadamente 50 mil estudantes da rede pública de ensino. Para isso, foram investidos R$1,5 milhão na conclusão de mais 31 laboratórios, voltados às escolas da rede estadual, tanto na capital quanto no interior.

Avanços na educação superior

O ano de 2023 foi marcado por investimentos na infraestrutura, reformas, inaugurações e entregas de novos espaços na Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Com investimento de R$ 1,6 milhão na atual gestão, o interior ganhou uma nova unidade da universidade: o Núcleo de Ensino Superior de Tapauá (Nestap), localizado na calha do rio Purus (a 449 quilômetros de Manaus). Assim, a UEA contabiliza 16 Centros de Estudos Superiores e Núcleos de Ensino no interior do Amazonas.

Todo o investimento em pesquisa, laboratórios, projetos e inovação refletiu-se nos índices de avaliação de educação superior como o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e o Ranking Universitário Folha (RUF).

O curso de Administração da UEA alcançou a nota máxima (5) no Enade, enquanto o curso de Direito obteve uma boa avaliação com a nota 4. Outros cursos avaliados, como Turismo, Ciências Econômicas e Ciências Contábeis, receberam a nota 3. O curso de Direito foi destacado como o melhor entre as instituições do Amazonas no RUF, ocupando a 59ª posição no ranking nacional. A UEA, como universidade, subiu para a 90ª colocação entre as melhores do Brasil, marcando um avanço significativo em relação ao último ranking de 2019, onde estava na 104ª posição.

Educação profissional

O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) encerra o ano de 2023 com um balanço robusto de realizações, que impactaram positivamente a Educação Profissional e Tecnológica (EPT) no estado.

Neste ano, o Cetam ofereceu 255 mil vagas para todo o Amazonas, em diferentes segmentos de formação técnica e qualificação profissional, incluindo parcerias com mais de 200 organizações do terceiro setor, empresas e órgãos governamentais, fortalecendo sua presença e impacto na vida da população.

O Cetam encerra o ano de 2023 investindo na ampliação e reforma de suas unidades, destacando a inauguração da Escola de Gastronomia Bernardo Ramos, fortalecendo o compromisso com a qualidade do ensino. Em 2023, foi dado início à construção da primeira unidade da Escola da Floresta, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, em São Sebastião do Uatumã (a 247 quilômetros de Manaus), com investimentos de aproximadamente R$ 5 milhões.

Ciência e tecnologia

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), investiu aproximadamente R$ 100 milhões em ações voltadas para o fortalecimento da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no estado, em 2023 (dados de janeiro a outubro).

Valorização Profissional

O governador Wilson Lima realizou, em julho deste ano, o pagamento do reajuste de 8% da data-base para os 33.168 profissionais da rede estadual de ensino, acompanhado por um aumento de 18,42% no auxílio-transporte, elevando-o de R$ 167,20 para R$ 198. Com o reajuste, o piso salarial dos professores de 40 horas passou de R$ 4.749,22 para R$ 5.129,16, ficando em 16,03%, superando o piso nacional. Os servidores que atuam 40h receberam, em junho, retroativos no valor de R$ 1.519,76, resultando em uma nova remuneração de R$ 5.827,16 para um professor em início de carreira, considerando vencimento e auxílios.

Em 2023, a Secretaria de Educação investiu na ampliação do quadro de profissionais da educação com a convocação de 299 candidatos aprovados em concurso público de 2018; 824 candidatos do Processo Seletivo Simplificado de 2022; aditamento de 707 contratos de professores do Processo Seletivo Simplificado; além da convocação e contratação de 197 estagiários.