Parintins Notícias

Em visita à Eeti Professor Djalma da Cunha Batista, representantes da Seduc-PA conheceram o funcionamento e estrutura da unidade

Representantes da Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc-PA) realizaram uma visita à Escola Estadual de Tempo Integral (Eeti) Professor Djalma da Cunha Batista, na zona sul de Manaus, nesta segunda-feira (08/07), com o intuito de conhecer e reunir informações sobre a estruturação da escola bilíngue, para a criação de uma unidade de ensino semelhante no Pará. A Eeti Djalma Batista foi a primeira escola estadual de tempo integral bilíngue Português-Japonês do Brasil.

Na ocasião, uma equipe técnica da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, liderada pela diretora do Departamento de Políticas e Programas Educacionais (Deppe), Jane Bete Martins, junto ao gestor da escola, Luís Maurício Centurião, reuniram-se com o diretor de Projetos Educacionais da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Educação do Estado do Pará, Marcelo Ribeiro. O objetivo do encontro foi sanar dúvidas estruturais e compreender o funcionamento da unidade para a implementação de uma Eeti Bilíngue no Pará.

De acordo com Marcelo Ribeiro, o propósito da visita foi aprender o máximo possível sobre o que já foi feito e estruturado na unidade, compreendendo as adaptações necessárias, o modelo pedagógico e o processo de seleção de professores.

“Aqui existe muito aprendizado, a gente quer levar isso também para o estado do Pará, é um projeto forte da Secretaria de Educação que a gente está iniciando agora. E agradecemos a Secretaria do Estado do Amazonas pela acolhida e por todo o compartilhamento que está sendo feito”, declarou o diretor Marcelo.

Para a diretora do Deppe, Jane Bete Martins, é uma honra para a Secretaria de Educação que o modelo consolidado no Amazonas seja referência para outras secretarias do país.

“É sempre uma honra poder receber outras secretarias e compartilhar o que nós já temos bem consolidado aqui. O modelo de ensino bilíngue é um exemplo. E nós podemos compartilhar isso com a Secretaria do Pará e fortalecer essa parceria”, afirmou a diretora.

No período da tarde, os representantes também visitaram a Eeti José Carlos Mestrinho, também na zona sul da capital. Na unidade, o ensino bilíngue Português-Francês já recebeu a placa do selo “Label France Education”, oferecido pelo Ministério Francês. A escola é a única do Brasil a possuir o selo.

Primeira Eeti Bilíngue

A Eeti Professor Djalma da Cunha Batista foi fundada em 1980 e, desde 2006, funciona como uma das unidades de ensino de tempo integral da Secretaria de Educação. Em 2016, tornou-se a primeira Escola Estadual de Tempo Integral Bilíngue Português-Japonês do Brasil.

Atualmente, a instituição atende mil alunos, do 6º ao 9º ano, do Ensino Fundamental e possui três matérias de japonês: Língua Japonesa, Matemática em Língua Japonesa e Ciências em Língua Japonesa.