Parintins Notícias

Faltando três dias para o 57⁰ Festival de Parintins, que acontece durante três noites, de 28 a 30 de junho, a movimentação na balsa amarela, na Manaus Moderna, já é grande. Não por acaso, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, escolheu o local, no Centro de Manaus, para instalar o Portal Partiu Parintins.

O Portal Partiu Parintins acabou se tornando um local obrigatório para tirar a primeira fotografia que vai compor as memórias do Festival de Parintins 2024 para os viajantes. É também uma forma do Governo do Amazonas e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa desejarem boa viagem e um bom festival para quem parte de Manaus para Parintins.

Na manhã desta terça-feira (25/06), o local, principal ponto de partida para quem vai a Parintins por via fluvial, estava bastante agitado, com várias pessoas transitando na balsa amarela para embarcar rumo a Parintins. 

A partida

Nos minutos finais de preparação, as embarcações começam a deixar o porto da Manaus Moderna rumo a Parintins, carregando a expectativa e a animação dos milhares de torcedores que vão prestigiar o maior festival folclórico a céu aberto do Brasil. Entre eles, Norberto Santos de Fogo, frentista de 43 anos, que está nos preparativos finais para partir rumo à ilha. Norberto compartilhou suas expectativas para a festa deste ano com entusiasmo.

“Eu fui pela primeira vez em 2004 e, desde então, nunca mais parei. Acho que o festival deste ano vai ser um dos melhores dos anos anteriores por causa da repercussão da Isabelle. Quanto mais gente na cidade, melhor. Gosto de ficar até a apuração, por isso só volto na terça-feira”, conta Norberto. “Gosto de ver pessoas de todos os lugares, gente bonita e alegre”, diz.

Jucicleide Abreu do Nascimento, de 56 anos, enfermeira manauara, também está a caminho de Parintins e relembra com carinho suas experiências passadas. “Vou para o festival há muito tempo, desde quando o curral era todo em madeira, vai ser tudo de bom como sempre foi. Assim que eu chegar na ilha, vou à catedral agradecer à minha santa por mais um ano, e não tem como ir para Parintins sem comer um bodó”, compartilha Jucicleide.

Descobrindo a magia de Parintins

Entre os viajantes, também está Iolanda Bernardo da Silva, fisioterapeuta paraibana que atualmente reside em Boa Vista, Roraima. Em sua primeira viagem ao festival, Iolanda está cheia de expectativas. “Estou com uma expectativa muito grande, porque é um evento cultural reconhecido mundialmente. Estou animada para conhecer coisas e pessoas novas. O coração está a mil. Assim que chegar à ilha, quero conhecer o Bumbódromo. Já vi algumas vezes em Manaus, mas Parintins é algo que sempre quis experimentar. Todo mundo fala que é arrebatador”, diz ela, ansiosa.

Como chegar?

Por via aérea, Parintins está a uma hora de voo de Manaus, cerca de 370 km. Já por via fluvial, a viagem até a Ilha Tupinambarana leva aproximadamente 18 horas. No retorno a Manaus, a viagem dura, em média, 24 horas. Os turistas também podem optar por lanchas a jato, que levam, em média, 8 horas de Manaus a Parintins, e cerca de 10 horas no trajeto de volta.

O festival​

O 57º Festival de Parintins é organizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. Realizado nos dias 28, 29 e 30 de junho, o festival recebe patrocínio do Ministério da Cultura, Ministério do Turismo, Sesc-Senac, Coca-Cola Brasil, Brahma, Azul Linhas Aéreas, Bradesco, Petrobras,TecToy, Eneva, PixBet, O Boticário, Samel, Assaí, Vivo, Bemol, Sherwin-Williams e Correios e apoio da Infostore.