Parintins Notícias

Distribuição de alevinos, impulsionamento na regularização de documentos para produtores rurais e na elaboração de projetos de crédito, mecanização de área produtiva e capacitação de trabalhadores estão entre as ações de destaque previstas para fortalecer as atividades do setor primário de Itapiranga (distante 227 quilômetros de Manaus). As ações serão realizadas pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam), por meio da Unidade Local (UnLoc) Itapiranga.

“O Idam está atento às necessidades e demandas de todas as UnLocs e postos avançados e temos alinhado com todos os gerentes a melhor maneira de intensificarmos a assistência técnica e extensão rural (Ater) nos 62 municípios do estado, como acontece em Itapiranga”, disse o diretor-presidente do instituto, Vanderlei Alvino.

O gerente da UnLoc, Sérgio Fróes Cavalcante, confirmou o alinhamento entre todos do órgão e deu alguns ‘números’ que a unidade vai buscar no decorrer de 2024. “Entre as metas estão a distribuição 15 mil alevinos; a elaboração de 56 projetos de crédito, além da emissão de, pelo menos, 200 Cartões do Produtor Primário (CPP), 30 Cadastros Nacionais da Agricultura Familiar (CAF) e 25 Cadastros Ambientais Rurais (CAR)”, projetou.

Fróes pontuou ainda que, por meio da UnLoc, estão previstos, ainda, “a mecanização de 30 hectares de área produtiva no município, a implantação de quatro unidades demonstrativas (UD) e dez cursos de capacitação”.

Atualmente, a UnLoc de Itapiranga assiste 297 produtores rurais.